Voto da desconfiança
Publicado em 30/01/2015

Editorial

Foto: Reprodução/FS

por Felipe Valduga
felipelvalduga@gmail.com

O ano de 2014 foi marcado por um pleito acirrado, em especial no âmbito nacional. A disputa em si fez com que os brasileiros exercessem, com ênfase, o direito do voto – conquistado com ímpeto revolucionário anos atrás - e até mesmo fossem às ruas para defender suas bandeiras, suas siglas, seus candidatos. Contudo, esse direito obtido não quer dizer que o cidadão tenha confiança atestada no sistema eleitoral.
Pesquisa encomendada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), e divulgada esta semana, mostrou que 20% dos 1964 entrevistados não têm confiança na urna eletrônica. Pior ainda foi que 28% disseram ter testemunhado ou tomado conhecimento de episódios de compra e venda de votos.
Lógico que uma pesquisa com essa amplitude carece de mais avaliações. Porém, serve de alerta para que medidas para aprimorar as eleições no país sejam adotadas. Na mesma pesquisa, por exemplo, dois em cada três entrevistados seguiram essa linha de pensamento: acreditam que há algo a ser melhorado.
No gráfico, confira outros resultados obtidos. Os detalhes completos podem ser acessados pela internet, no site www.tse.jus.br.

Deixe sua opinião