No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Vaquinha on-line busca ajudar a pequena Lulu
Publicado em 29/08/2019

Geral

Foto: Arquivo pessoal

Luiza, de 3 anos, com a mãe

Uma vaquinha on-line busca arrecadar a quantias necessário para o tratamento da pequena Lulu. Luiza, de 3 anos, foi diagnosticada com atrofia muscular espinhal. A AME é uma doença rara: a criança não consegue falar, caminhar e se alimentar sem ajuda. Para ter a chance de caminhar, ela precisa de tratamento com o Pediasuit. O objetivo da campanha on-line, assim, é arrecadar R$ 60 mil para que isso seja possível. A iniciativa representa uma esperança e os amigos estão engajados, entre eles os de Pinheiro Machado, município onde a família residia antes de morar na Rainha da Fronteira. 
A mãe da pequena, Roberta da Silva Rosa, contou que os amigos de Pinheiro e de Bagé estão vendendo rifas e ajudando na divulgação da vaquinha. Até mesmo latinhas foram colocadas no comércio da cidade vizinha para quem quiser ajudar. A AME, detalhou Roberta, é uma doença genética, e Luiza nasceu de forma prematura (quando a gestação estava na 32ª semana). Segundo relatou, antes de iniciar o tratamento com o Pediasuit, Lulu não levantava os braços nem conseguia pegar o pezinho, por exemplo. Após um mês de tratamento, ela apresentou uma melhora considerável: firmou o pescoço e até mesmo passou a sentar. E Roberta comentou que os neurologistas explicaram que essa fase é determinante para a estimulação.
Ou seja, o indicado é não perder tempo. Mas o tratamento é caro: o custo é de cerca de R$ 15 mil por mês. "Este montante significa uma esperança de ter um atendimento diferenciado para Luiza, que oportunizará melhora na sua qualidade de vida e, se possível, que ela inicie a caminhar", destacou. "Para nossa família, é importante a independência dela: o menor movimento feito por ela sem ajuda é importante", acrescentou. 
Questionada sobre as dificuldades que a família tem enfrentado, Roberta afirmou que são as questões financeiras aliadas à falta de empatia de algumas pessoas. "Todo tratamento de Luiza é feito com sacrifício, não só financeiro, mas também emocional da família. Sem dinheiro, tudo é feito através da Defensoria, e sempre atrasa", relatou. Para ajudar a pequena, basta acessar o link www.vakinha.com.br/vaquinha/amigos-da-lulu. Até agora, apenas pouco mais de R$ 1,4 mil foram arrecadados. 

Deixe sua opinião