Tiago Mochilão é transferido para penitenciária federal fora do Estado
Publicado em 03/03/2020

Segurança

Foto: Fabiano Costa/especial

Mais de 1,3 mil agentes estão envolvidos

Desde cedo, após o governo do Estado executar a maior ação planejada até o momento pelo Programa RS Seguro, com a participação de mais de 1,3 mil agentes e o emprego de 306 viaturas, sete aeronaves – seis helicópteros e um avião – e quatro embarcações, a reportagem do Folha do Sul foi em busca de informações para saber o impacto desta ação na Rainha da Fronteira. Conforme informações, um dos 18 detentos transferidos para penitenciárias federais, fora do Estado, é Tiago Rafael Leges Ferreira, conhecido como Tiago Mochilão. Ele é apontado como um dos principais líderes de facção que atua em Bagé, condenado por diversos crimes como tráfico de drogas, estelionato, homicídios, latrocínios, entre outros.

Operação Império da Lei 
As secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Administração Penitenciária (SEAPEN) deflagraram a Operação Império da Lei, que transferiu 18 detentos com posição de liderança nas principais organizações criminosas gaúchas para penitenciárias federais fora do Rio Grande do Sul. A ação contou com a participação de 15 instituições das esferas estadual e federal e um verdadeiro aparato de segurança: são 1,3 mil agentes envolvidos, além de 306 viaturas, sete aeronates - seis helicópteros e um avião – e quatro embarcações.

Deixe sua opinião