SOCIAL - 31 DE OUTUBRO
Publicado em 31/10/2019

Social

Foto: Divulgação/FS

Momento Extensão e Pesquisa, curso de Letras, Unipampa, na galeria de arte Edmundo Rodrigues

ESTA SOCIAL repercute tanto feito esses sites badalativos, meus queridos! Lá, em São Gabriel, o médico, dr. Gérson Barreto de Oliveira leu aquela notinha sobre o desenho (cena gauchesca) na parede lateral da rodoviária e logo me informou o seguinte: “Gilmar, as obras de arte na rodoviária de Bagé, muito mal tratadas ao longo do tempo, havia outra na parte interna que não sei se ainda está no lugar, foram executadas pelo uruguaio Ubaldo Cosio, um dos garçons do restaurante Bianchetti; ele era artista gráfico nas horas de folga. Isso lá pela década de 80. O croquis da obra é Atila Sá Siqueira; eles eram muito amigos. Aplausos!  

PAPO interessante, uma argentina inteligente, doutora Carla Lopardo está coordenadora da Confraria de la Yerba (de la Gerba). Esse projeto foi criado por ela dentro do curso de Licenciatura em Música, na Unipampa. Carla me contou que nasceu em Buenos Aires e desde os 7 anos de idade está inserida no universo da música. “Sou professora e adoro ensinar a música, uma das minhas paixões”. Ah, ela falou também no “Contos para Cantar”, um livro pensado para crianças, para educadores, para famílias, para músicos e não músicos, enfim, para todos! Um livro multidisciplinar e inclusivo que permite abrir várias possibilidades de ação para ouvir e apreciar músicas na escola, em casa, sozinho ou com amigos. As parcerias e amizades permitiram inventar universos musicais para recriar as histórias dos personagens do livro. Músicos que nos inspiram e influenciam: Pirisca Grecco, Rafael Ovídio, Zelito Ramos e Pedro Ribas ecoam nas nossas músicas. Obras como “Flor de Pessegueiro” e “Arter”; as músicas de grupos como: Palavra Cantada, Caracachumba, a obra de Maria Elena Walsh, Hugo Midón e Carlos Gianni têm marcado nossas criações e nos norteiam no modo em que entendemos e fazemos música”, concluiu a professora. Aplausos!

LIVRO comemorativo aos 30 anos do Grupo Cultura Sul será lançado em breve, assegura Ada Maria Machado Guimarães, atual diretora. Ela conta que o “Cultura Sul” nasceu no berço de muitos poetas que ao longo desse tempo estiveram reunidos nas oficinas literárias com a única linguagem: o poético em todas as instâncias. O projeto do livro foi aprovado em edital da Secult 01/2018, Concurso Fomento à Cultura de Bagé, Pró-Cultura FAC. Segundo Ada Maria, “trata-se de projeto realizado pelos poetas que integram o Cultura Sul de Bagé, com a dedicação de todos para a aprovação dessa atividade relevante. Pensar 30 anos de poesia tem o alicerce das idades dos versos, das ideias em poemas e a Marca do Relógio Poético do Sul destes pampas encantados de História e Poesia.  São sonhos acordados em poesias, rolando nas tardes de quintas-feiras, que se fazem pelas mãos e pelos corações da divina quimera de Poemas e Linguagens dos Poetas do Sul.” Aplausos!

COMENDA DA ORDEM DOS JACARANDÁS, concedia pela Câmara Rio-Grandense do Livro, a nada menos do que para minha, sua, nossa muito amada Tânia Carvalho; solenidade amanhã (1º), às 18h30min, no teatro Carlos Urbim. Imaginem o contentamento de Tânia, que vive cercada de literatura por todos os lados, oba! Juro que se eu pudesse estaria amanhã no grupo de amigos que irá aplaudi-la.  

 ONTEM (30), a 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada prestou justa homenagem aos integrantes da “Brigada Patrício Corrêa da Câmara”, solenidade militar no 3º RC Mec. Passaram-se 51 anos da transformação da 3ª Divisão de Cavalaria em 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, tornando-a primeira das grandes unidades hipomóveis do Exército brasileiro a ser integralmente motorizada. Aplausos!

NEGÓCIOS, o free shop Neutral foi comprado por um grupo panamenho de investidores. Isso vai reconfigurar os demais concorrentes em Rivera e Aceguá, podem crer!... DESFILE da coleção MG, dia 5, às 19h, na loja das Kalil, Michele e Gárdia; evento que há 15 anos beneficia as obras do Grupo Amor Solidário, oba! Dia deste li reportagem  sobre o futuro dos desfiles de passarela. Quem entende desse assunto garante que a tendência  são os desfiles dentro das lojas tal qual a MG sempre realiza. Aplausos!

EM CONVERSA rápida com o secretário Bayard Paschoa Pereira observei o entusiasmo dele em relação aos  seis  novos empreendimentos que vieram se instalar em Bagé. Isso gera empregos na cidade. Até fevereiro, garante o secretário Bayard, a empresa RT Incorporadora, com matriz em Chapecó-SC, estará definitivamente aqui; ela adquiriu prédio na Sete de Setembro, em frente à rádio Cultura. A fachada do prédio será mantida, oba!

Deixe sua opinião