No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Social - 19 de setembro
Publicado em 19/09/2019

Social

Foto: Divulgação/FS

Peões e prendas CTG Prenda Minha

POETA Luiz Coronel escreveu que muito admira esse pertencimento, essa emoção que envolve os gaúchos e move o tradicionalismo em especial no dia 20 de setembro. “Mas creio que mais envolve do que move”, escreveu ele.   

POR FALAR no Coronel, será lançado outro livro: “A Forma Fêmea Dos Figos" com 20 poemas ilustrados pela Heloísa Beckman. Segundo o autor: “É uma obra para adultos que terá temas sobre o amor”.  O recém-lançado: "A grande orquestra dos bichos" e a nona edição da Coleção Esquilos, Mecenas Editora e Projetos Culturais, todos vão estar na Feira do Livro de Bagé em outubro. Aplausos!

JORGE FREDERICO DUARTE WEBBER, cartunista, poeta e músico amador: “Além de suas atribuições culturais, campeiras e artísticas, o CTG deve ser uma continuação do lar e um lugar onde as famílias se encontram, não só para cultuar as tradições e, desta forma, manter sua identidade cultural, mas também para manter os laços sociais - ele é um espaço de convivência, continuador e reforçador dos vínculos familiar e comunitário. É como um clube de bairro que, numa cidade grande, resgata o círculo vicinal, mantendo, assim, unidos laços preciosos para a socialização, a solidariedade, a participação e o crescimento integral do indivíduo em grupo. [...]. Desfile Farroupilha, amanhã, às 9h30min, na avenida Sete de Setembro, personalidade homenageada, bispo emérito dom Gílio Felício. Aplausos!

PIANISTAS DE BAGÉ em concerto didático dia 29 de novembro, na escola estadual Salgado Filho, em Gramado. Dia 30, grande concerto na Sociedade Recreio Gramadense, evento assinado pela Branco Produções e patrocinado pela Claro. Sabiam que, em abril, esta mesma programação vai se realizar em Bagé?  E a Claro vai patrocinar os Pianistas de Bagé nos dois momentos, oba!

VISITEI, esta semana, a obra da rampa que vai ligar a pediatria da Santa Casa às UTIs Neonatal e Pediátrica. De fato, um empreendimento de R$ 280 mil que mobiliza muitos profissionais e, de maneira especial, a equipe de colaboradores liderada pela incansável Martimiana Vargas, que conhece cada cantinho daquela pediatria. É bonito de ver o carinho dos profissionais de enfermagem com ela. Dona Martimiana é “o anjo bom” da Pediatria da Santa Casa de Bagé, meus queridos! O arquiteto Francisco Machado projetou essa obra gratuitamente e o engenheiro Hendler é quem executa o projeto. Ela agradece a eles o tempo todo.

NÃO entendi por que dona Martimiana precisa pagar o estacionamento do carro sempre que chega ao hospital para visitar a obra – um superpresente dos bageenses ao hospital. Configura desconsideração de quem se beneficia com este árduo trabalho social que ela realiza na cidade em campanhas e eventos associativos sempre a favor da Pediatria da Santa Casa.  Por isso seria muito adequado se a Provedoria corrigisse isso o quanto antes. Os médicos, principalmente, os pediatras, também poderiam se mobilizar para achar uma maneira carinhosa, gentil e educada de retribuir tamanha dedicação dela. Imagino que um cartão eletrônico para dona Martimiana liberar a catraca do estacionamento é o ideal. Alô dr. Jorge Moussa, alô drª Cledinara Salazar... “Pode não ser a sua opinião, pode não ser a melhor opinião, mas esta é uma coluna com opinião.”        

 

Deixe sua opinião