Sindicato Rural de Dom Pedrito é contra o fim da vacinação da febre aftosa
Publicado em 18/02/2020

Rural

Foto: Fernando Dias/EspecialFS

Entidade acredita que Estado ainda não assegura sanidade ao rebanho

O Sindicato Rural de Dom Pedrito emitiu nota ontem, assinada pelo presidente da entidade, José Roberto Pires Weber, em que, após reunião realizada ontem, foi decidida por ampla maioria dos associados,  à manutenção da vacina contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul. Conforme posicionamento do presidente do sindicato, a decisão foi tomada por entender que ainda não há condições no Estado que assegure sanidade ao rebanho bovino criado no Rio Grande do Sul. A decisão foi tomada após uma série de debates que o governo do Estado está tomando no sentido de retirada da vacina contra a febre aftosa.

Deixe sua opinião