No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Beco sem saída
Seis presos em Dom Pedrito durante operação policial
Publicado em 14/08/2019

Segurança

Foto: Portal Qwerty/Especial FS

Quadrilha seria comandada de dentro do sistema prisional

A operação policial denominada “Beco sem saída” aconteceu no início da manhã de ontem, em Dom Pedrito. A ação recebeu este nome em virtude dos mandados de prisão. Ao todo, 10, foram cumpridos em sua maioria no local conhecido como Beco da Punhalada, no bairro Santa Terezinha. Consta que, o alvo era uma quadrilha de tráfico de drogas responsável por diversos crimes contra a vida (tentativas de homicídio e homicídios), praticados na Capital da Paz, além de crimes de tortura, como pôde ser averiguado durante as investigações. 
O inspetor de polícia Lauro Telles revelou ao portal Qwerty, que essa quadrilha, assim como muitas outras, é chefiada de dentro do sistema prisional. As armas utilizadas pelos membros do grupo criminoso, que em realidade é apenas uma célula da quadrilha, estavam nos lugares onde foram cumpridos os mandados. 
A operação foi desencadeada pela Polícia Civil de Dom Pedrito, com o apoio da Brigada Militar, coordenada pela delegada Daniela Barbosa de Borba. À reportagem do Folha do Sul, a delegada informou que, no total, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva. Foram presas seis pessoas, sendo duas preventivamente e cinco em flagrante delito ( inclusive contra um dos autuados em flagrante também havia uma ordem de prisão preventiva). A operação diz respeito à investigação de uma quadrilha responsável pela prática de inúmeros delitos graves na cidade de Dom Pedrito, entre eles, tráfico de drogas, roubos a estabelecimentos comerciais, homicídios tentados e consumados, posse de armas de fogo e torturas. Segundo a delegada Daniela, a investigação teve início ainda sob a coordenação do delegado André de Matos Mendes e culminou ontem com as referidas prisões e apreensão de maconha, celulares, uma moto adulterada, dinheiro, dois revólveres com numeração raspada e munições. Ainda conforme relatado pela delegada Daniela, os presos são todos jovens com idades de aproximadamente 25 anos. Um dos presos preventivamente já se encontrava recolhido ao sistema prisional. Ontem, as autuações em flagrante foram realizadas pela prática dos delitos de tráfico de drogas, posse de armas de fogo equiparadas a de uso restrito, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e fraude processual. No total, a operação contou com 32 policiais civis de Dom Pedrito e região, 20 policiais militares de Dom Pedrito e Bagé e 16 viaturas.
Na segunda-feira, a sala de operações do 4º Esquadrão da Brigada Militar recebeu denúncia referente a um homem que estaria se deslocando no ônibus de Lavras do Sul, com destino a Dom Pedrito e que levaria entorpecentes na mochila. A guarnição de serviço da Brigada Militar foi até a BR-293, no posto da antiga Polícia Rodoviária Federal, abordou o ônibus às 16h30min e identificou o suspeito. Dentro da mochila dele havia 756 gramas de maconha e 40 gramas de cocaína. Após o registro na delegacia, ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Dom Pedrito. De acordo com Telles, este indivíduo faz parte da mesma quadrilha e estaria levando a droga justamente para o Beco da Punhalada.
 

Deixe sua opinião