No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Rota das Oliveiras é aprovada pela Assembleia Legislativa
Publicado em 14/08/2019

Geral

Foto: Divulgação/FS

Iniciativa visa fomentar o setor

O plenário aprovou por unanimidade, na sessão de ontem, todos os oito projetos que constavam na pauta de votações. Foram sete matérias de iniciativa popular que instituíram datas comemorativas no Estado ou reconheceram potencialidades específicas de municípios gaúchos, e um projeto proposto pelo poder Executivo. 

 Entre os projetos estava o PL 124 2018, de autoria do deputado Ernani Polo (PP) e mais 11 parlamentares, que institui a Rota das Oliveiras no Estado. Também foi aprovada emenda do deputado Sérgio Turra (PP) e outros três parlamentares, para a inclusão de outros municípios, além dos inicialmente propostos pelo autor.

Fazem parte da rota aprovada os seguintes municípios: Bagé, Barra do Ribeiro, Cachoeira do Sul, Caçapava do Sul, Camaquã, Candiota, Canguçu, Dom Feliciano, Dom Pedrito, Encruzilhada do Sul, Formigueiro, Hulha Negra, Pantano Grande, Pinheiro Machado, Piratini, Restinga Seca, Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento, São Gabriel, São João do Polêsine, São Sepé, Sentinela do Sul e Vila Nova do Sul.

No encaminhamento da matéria, o autor do projeto saudou os representantes do setor que acompanharam a votação nas galerias. Informou que há mais de 200 olivicultores no Estado, 10 indústrias de transformação de oliveiras, 32 marcas e aproximadamente cinco mil hectares de oliveiras cultivados em pomares em 60 municípios. Segundo Polo, o objetivo é estimular o agroturismo para que, "nos municípios contemplados nessa rota, possamos de forma organizada estimular o avanço da gastronomia e o incremento de turistas na região, especialmente na Campanha e Fronteira onde se concentram 95% da nossa produção", explicou.

Deixe sua opinião