No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Jogos Parapan-Americanos
Roberto Alcalde é o único representante da Metade Sul do Estado
Publicado em 02/08/2019

Esportes

Foto: Dany Loyola / Especial FS

Campeão mundial mantém rotina de treinamentos para competição

Daqui a 21 dias, começarão os jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru, e o Brasil levará a maior delegação da história da competição. Serão 512 integrantes na comissão brasileira, sendo 337 atletas, entre os quais atletas-guias, calheiros, goleiros e pilotos, que não possuem deficiência, de 23 Estados e do Distrito Federal, em 17 modalidades. Este número representa um acréscimo de 24% em relação ao time que ostentou o pavilhão nacional na última edição do Parapan, na cidade canadense de Toronto, em 2015.

O Rio Grande do Sul estará presente com 12 representantes, 10 deles do Estado e dois que treinam e competem com as cores de instituições gaúchas. São atletas, treinadores e uma fisioterapeuta que também vão representar o Estado na maior competição das Américas. Os Jogos Parapan-Americanos devem reunir 1 890 atletas de 33 países. O Brasil terá competidores em todas as 17 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, ciclismo, futebol de 5, futebol de 7, goalball, halterofilismo, judô, natação, rúgbi em cadeira de rodas, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa, voleibol sentado, parabadminton, parataekwondo e tiro esportivo.

Entre os nativos da terra, está o bageense Roberto Alcalde Rodriguez, multicampeão da natação, que também é o único representante da Metade Sul do Estado nos jogos. Além de Alcalde, Lutimar Abreu Paes, de Cruz Alta, será atleta-guia entre os velocistas do atletismo; Gelson José da Silva Júnior, de Porto Alegre, estará no time de basquete; Ricardo Steinmetz Alves, de Osório, compete no futebol de 5; Anderson Wassian da Silva, de Porto Alegre, disputa o judô; Alexandre de Almeida Garcia, também da Capital, treina atletas do judô. Além de Alcalde, o Estado também é representado pela nadadora Susana Schnarndorf Ribeiro, de Porto Alegre. No tênis de mesa, Luciano dos Santos Possamai, de Caxias do Sul. O tiro esportivo será representado por Geraldo Von Rosenthal, de Campo Bom. Fora das competições, a fisioterapeuta Andressa Silva de Mello, de Nova Palma, vai cuidar da saúde física dos atletas brasileiros.

Deixe sua opinião