RESPONSABILIDADE: DEVER DE TODOS
Publicado em 15/11/2019

Opinião

Gostei de escrever e provocar-me sobre perguntas da vida. Percebi que há uma palavra chave como solução: responsabilidade. Cada pessoa humana tem a missão de ser responsável. A palavra responsável significa: trazer dentro de si uma resposta. Não ser responsável é viver o “tanto faz como não fez”.

“Perguntar-se é muito mais cômodo do que buscar respostas”. A pergunta geralmente bate na cabeça da gente, sem muito procurar, mas a resposta, em geral, é uma busca e uma procura que exige mais tempo. Saber encontrar as respostas às perguntas é ir buscando e se revestindo da sabedoria da vida.
A resposta está dentro da vida, vale para todas as pessoas, seja santo ou pecador, as perguntas são as mesmas. O que muda são as respostas, essas são dadas de maneira diferente. Depende da visão da vida que cada um tem. Mas, de dentro da vida, em primeiro lugar temos as respostas necessárias para uma vida realizada. Não precisamos respostas às perguntas científicas e técnicas para viver bem. A experiência mostra que muitas pessoas viveram e vivem muito bem sem elas.
A resposta está na convivência com pessoas amigas, nos pais e nos professores. As pessoas simples escutam outras pessoas sábias e vão vivendo a sabedoria da vida. Aperfeiçoam seus conhecimentos nas leituras de bons livros, revistas, jornais. Um bom livro pode nos ajudar a encontrar respostas às perguntas. Os livros são uma riqueza que não podem faltar em nossas mesas e estantes. As livrarias são fontes de sabedoria.
A história nos ensina e a experiência mostra que é mais fácil fazer perguntas do que dar respostas. As perguntas são visíveis e naturais. Nem sempre as respostas são espontâneas. É mais difícil buscar respostas. A resposta nos tira do comodismo. Geralmente, é preciso discutir, ler, estudar, ser curioso e pensar. Ser um filósofo. Ser um pensador.
Qual a diferença em morrer realizado e morrer frustrado? Chegar ao final de uma vida, depois de ter trabalhado tanto, depois de ter lutado pelo bem da família, e ainda perceber que tem uma porção de perguntas não respondidas, é não ter vivido plenamente.

 Há um segredo na caminhada da vida. Ninguém se realiza sozinho. Viver é caminhar juntos. Viver não é ser soma de tijolos lado a lado, mas ser construção. Por isso, os caminhos mais certos são os caminhos das pessoas que se amam e que sabem conviver. São as pessoas que sabem viver em família, que sabem viver em comunidade religiosa. Viver é caminhar juntos numa mesma direção, buscando o mesmo objetivo.
Diante de uma sociedade consumista e dominada pelos instrumentos eletrônicos, é preciso que as pessoas comecem a sentarem-se mais juntos, dispensando as respostas das máquinas para escutar as perguntas e respostas do coração. Acompanhamos diariamente grandes transformações no mundo tecnológico, mas no caminho da realização e do bem-estar, nada substitui a presença amiga e fraterna das pessoas que amamos. Paz e Bem!

Deixe sua opinião