PT aposta em novos nomes para disputa na Câmara de Vereadores
Publicado em 30/06/2020

Política

Foto: Divulgação/FS

Embora tenha nomes conhecidos da política como pré-candidatos a vereador, ampla maioria dos que concorrem pelo PT são neófitos na disputa para a eleição municipal. O partido de Bagé divulgou nas redes sociais os nomes dos postulantes a uma cadeira do Legislativo.
Dois que estão no páreo já ocuparam uma vaga na Câmara de Vereadores. Um deles é o médico Ruben Salazar, que já foi presidente do Legislativo e do diretório municipal do PT. O outro é Edegar Franco, que foi secretário de Desenvolvimento Rural, na gestão do prefeito Dudu Colombo.
Franco foi um dos cinco vereadores que saíram do PT e um dos que perdeu o mandato em razão disso. Logo, ele se filiou ao PR, hoje PL e acabou retornando ao Partido dos Trabalhadores.
Outro conhecido e militante antigo que é pré-candidato é o atual presidente do diretório municipal do PT, Flavius Dajulia, que em eleição anterior já concorreu a uma vaga no Legislativo.
Tem outros nomes que são novatos em se tratando de disputa, mas já são conhecidos do meio, como a professora Caren Castêncio, que atuou na Secretaria Municipal de Educação, na gestão de Dudu Colombo, e o major do Corpo de Bombeiros, Max Meinke. E concorre à reeleição, o vereador Lélio Lopes (Lelinho).
Os outros nomes que estão na disputa são: Ney Ferraz, Catarina da Kennedy, Laura Ricaldone, Maitê Brião, Antônio Vagner, Silvinho, Ana Paula, Marlon, Amarelo, Ide Scoto, Patrique Cebola, Lu Gervásio, Mulato, Everaldo Cruz, Santo Lopes e Maninha.
No texto em referência à nomita, o PT de Bagé apresenta os candidatos como um time referência em diversos setores da sociedade. “Um time de todos os cantos da cidade, diverso, que mostra a cara do movimento de mulheres, do movimento negro e do movimento LGBTQI+”, diz o texto.

Deixe sua opinião