No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Projeto do Daeb busca economia de 50% nos custos de luz
Publicado em 20/09/2019

Geral

Foto: Divulgação/FS

O Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) está realizando testes de um projeto de eficientização energética. A iniciativa busca diminuir os custos com energia na Barragem Emergencial. De acordo com informações da assessoria de imprensa da autarquia, o bombeamento dessa barragem gera a conta de luz mais cara do Daeb.
Para isso, os motores da barragem serão desligados das 18h às 21h, no chamado horário de pico. Neste período, há uma tarifação maior dos valores de energia para os consumidores com maior demanda, caso das autarquias de saneamento.
Segundo a assessoria, essa interrupção de bombeamento da Emergencial será possível graças ao novo reservatório da Estação de Tratamento de Água (ETA), que suprirá a quantidade de água necessária para não comprometer o abastecimento da cidade. A estimativa é que o projeto traga uma economia de 50% aos cofres públicos.
A autarquia planeja implementar mais iniciativas como esta. Uma delas será quando for construídos os reservatórios da zona leste e Malafaia, obras planejadas para 2020 e que buscam melhorar o abastecimento de bairros que sofrem com problemas de pressão de água em picos de consumo. Com a construção destas grandes caixas de armazenamento, os sistemas São João e São Judas poderão ser desligados no horário das 18h às 21h, trazendo economia energética e, consequentemente, contas de luz com custos mais baixos para o Daeb.
 

Deixe sua opinião