No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Projeto de reforma da Catedral é retormado
Publicado em 27/01/2020

Geral

Foto: Thaís Nunes/Especial FS

Prédio recebeu vistoria do Iphan

A Catedral de São Sebastião recebeu a visita técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para uma vistoria no interior do espaço. A ação é uma das etapas que compõem o projeto de reforma do prédio histórico. Mesmo assim, a obra ainda não tem data para sair do papel, pois depende de uma série de entraves para poder iniciar. 
O prédio é considerado patrimônio da cidade e por isso não pode ter nada modificado sem a autorização dos órgãos responsáveis. Em uma rápida visita à Catedral, é possível perceber pedaços de parede sem pintura, falta de reboco em algumas estruturas, principalmente nos pilares da igreja. Mas os danos também são visíveis na fachada do prédio, que apresenta os mesmos problemas da parte interna. 
Mesmo que a obra seja destinada apenas para pequenos reparos, não é possível fazê-los sem a autorização do Iphan. De acordo com o bispo dom Cleonir Dalbosco, o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI) está em dia, faltando apenas a liberação do Iphan. Porém, ele não detalhou um prazo para resposta do órgão nem a data de início para as obras. 
Há cerca de cinco anos foi tratado de forma ampla sobre a reforma do prédio da Catedral, ainda quando era pároco o padre Jair da Silva. As tratativas continuaram com o pároco padre Airton Gusmão. Isso tudo na gestão do então bispo de Bagé, dom Gílio Felício.

Passados cincos anos, padre Jair retorna agora como pároco da Catedral de São Sebastião.

 

Deixe sua opinião