Em nove anos, mais de 8 mil crianças foram beneficiadas
Programa contra drogas da BM forma 700 alunos
Publicado em 08/12/2012

Segurança

Foto: Murilo Dotto

Alunos de 12 escolas participaram do evento

Nem mesmo a chuva que caiu na manhã de ontem foi capaz de espantar a animação das crianças que participaram da formatura da 19ª turma do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), em Bagé. O ginásio do colégio Auxiliadora foi o palco da solenidade que reuniu mais de 700 formandos.
Ao longo de três meses e meio, foram desenvolvidas atividades sob a coordenação dos soldados e instrutores, Modesto de Jesus Neto, Edinara Gomes e Jerusa Nunes Alves em sete escolas municipais, quatro estaduais e duas particulares. Dentro da sala de aula foram trabalhados temas e valores como cidadania, disciplina, hierarquia e ética. Desenvolvido desde 2003 na cidade, o número de crianças que já se formaram no programa chegou aos 8.200. A instrutora Jerusa se diz realizada com o trabalho, ainda mais pelo fato de que as crianças compreenderam os malefícios das drogas. “A expectativa é de que eles sejam os multiplicadores do Proerd”, afirma.
A pequena Bianca Barcellos da Silva, de sete anos, parece que entendeu muito bem a lição. “A gente aprende a se cuidar e se diverte. É importante avisar os amigos”, fala. A colega Rafaela Langorte, também de sete anos, explica como gente grande quais são os problemas causados pelo fumo. “A gente não sabia que o cigarro faz tão mal. Deixa o pulmão preto e o dente amarelo”, conta.
Os alunos da Fundação Bradesco foram os únicos que não participaram da festa, pois realizavam uma avaliação na hora da cerimônia. Em função disso, a formatura deles acontece na segunda-feira, às 10h30min, na sede da escola.

Escolas contempladas com o projeto no semestre
E.E. São Judas Tadeu, E.E.E.M. Luiz Maria Ferraz, E.M.E.F. Darcy Azambuja, E.M.E.F. Maria de Lourdes Molina, E.M.E.F. Antônio Fued Kalil, E.E.F. São Benedito, E.E. Arthur Dame, E.M.E.F. Reny da Rosa Collares, E.M.E.F. Pérola Gonçalves, E.M.E.F. Manoel Arideu Monteiro, E.M.E.F. Professor Miranda, E.M.E.F. São Pedro e Fundação Bradesco.

Deixe sua opinião