No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Presidente da ADI e profissionais do Folha do Sul avaliam congresso sobre comunicação
Publicado em 23/09/2019

Geral

Foto: Anderson Ribeiro

Palestrante fala sobre a experiência de migração do impresso para o digital

De 20 a 22 de setembro, aconteceu o 21º Congresso dos Diários do Sul do Brasil da Associação dos Diários do Interior do Rio Grande do Sul (ADI/RS) . Com o slogan "Novos Tempos, Novos Desafios", o evento foi realizado no Vestena Hotel (antigo Hotel Continental), em Canela. 
De acordo com presidente da ADI/RS, Eládio Dios Vieira da Cunha, o propósito do evento foi atingido. " Isso porque ele propicia a troca de experiência entre as empresas jornalísticas. Dando oportunidade para que todos conheçam as experiências vitoriosas que de alguma forma foram desenvolvidas em cada uma das cidades. Isso é de uma riqueza extraordinária. Alcançando esse objetivo, me parece que o congresso atinge o patamar desejado e agrada nosso público, que são os executivos dos diários do interior", avalia.
 O presidente enfatiza ainda que a expectativa era enorme, principalmente porque essa edição do congresso teve uma novidade. Ao invés de iniciar com uma palestra com cases, o começo foi com um workshop sobre os jornais. "Os grupos analisaram fatos e propuseram soluções. Mais do que analisar os desempenhos, o propósito era apontar quais medidas poderiam ser tomadas. O que fazer daqui para frente, na tentativa de buscar rentabilidade e posicionamento de mercado mais adequado. Os jornais avaliaram o seu dia a dia e propuseram posturas diferenciadas", disse.
O objetivo do workshop em grupos foi compartilhar as experiências com colegas. Foram divididos grupos de jornalistas, gestores e vendas. O jornalista Anderson Ribeiro, do Folha do Sul, participou do grupo junto a representantes dos jornais Folha do Mate, A Hora, O Informativo do Vale, Integração, O Diário, jornal do Povo, do portal GAZ e da revista Linda. "Foi um debate muito produtivo. Cada membro do grupo explanou sobre projetos que estão dando certo nas empresas que representavam e falamos também de algumas dificuldades. Com isso, conseguimos guardar um pouco da vivência de cada veículo e quem sabe conseguirmos aplicar. Claro que é importante saber dosar. Cada cidade , cada região é uma realidade diferente. Mas voltamos para Bagé cheios de ideias e buscando ficar cada vez mais próximos da comunidade e dos leitores e assinantes", analisa.
 A diretora-geral do Folha do Sul, Leisa Sória, participou de um dos grupos dos gestores. "Foi excelente essa ideia de começar o evento com essa troca de experiência. Podemos passar para outros executivos  qual é a realidade da região e também aprender com eles. Buscamos sempre inovar e apresentar para nosso público algo moderno e sério. E assim continuaremos. Voltamos do congresso cheios de novas ideias", salienta. Também participaram do congresso as jornalistas Bárbara Lignon e Francine Leite, e a gerente comercial Évelin Paz.
Na parte da tarde de sábado,  aconteceu a palestra com o presidente executivo da Gazeta do Povo de Curitiba, Guilherme da Cunha Pereira, que abordou "a experiência de migração do impresso ao digital, como foi o impacto interno e externo, quais as vantagens e desvantagens, bem como foi a absorção pelo mercado”. O profissional relatou as experiências da empresa durante a transição do fluxo de informação para os meios digitais e interação com as redes sociais. A palestra de encerramento abordou a temática do segredo das marcas bilionárias para agregar valor aos produtos. “Como agregar valor ao produto jornal e ser desejado pelo cliente”, com Junior Moro, CEO da agência Belif e especialista em marketing de encantamento. E também teve um momento do evento que foi destinado para o projeto "Reflexão sobre o futuro da educação", com o superintendente do Sesi no Rio Grande do Sul, Juliano Colombo.
O congresso encerrou com o jantar de confraternização e entrega de prêmios. A ADI congrega 23  jornais do interior do Rio Grande do Sul, entre os quais o jornal Folha do Sul.
 

Deixe sua opinião