No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Semana Farroupilha
Prenda Minha realiza brincadeiras típicas com crianças de escolas municipais
Publicado em 17/09/2019

Geral

Foto: Mariana Muza

bilboquês enfeitados pelos pequenos

Na programação da Semana Farroupilha do Centro de Tradições Gauchas (CTG) Prenda Minha, o dia de ontem foi de diversão para os alunos das escolas municipais da Rainha da Fronteira. Com brincadeiras típicas gaúchas, as 70 crianças de três instituições se divertiram com caça ao tesouro. Brincadreiras como, por exemplo, de biboquê - brinquedo antigo que consiste em uma esfera de madeira, com um orifício central e preso por uma corda numa espécie de suporte - feito com garrafas pet, amarelinha, dança de roda, entre outras. 
A prenda Jissiane Aquino ressalta que essas atividades são feitas para fomentar a cultura gaúcha. Segundo ela, há mais de cinco anos, as escolas frequentam a entidade na semana de festejos farroupilhas para participarem das ações que ocorrem no espaço tradicionalista. Segundo ela, sempre depois do evento festivo, em média, de 5 a 10 crianças entram nas invernadas pré-mirim. Jissiane enfatiza, ainda, que dentro de entidades como os CTGs, as crianças aprendem aspectos sobre dividir, respeitar e cultivar as tradições. "O CTG é um ambiente saudável. É muito difícil uma criança que entra aqui sair antes de entrar na invernada adulta”, afirma. 
A professora de uma das escolas que visitava o Prenda Minha, Magda Franck, diz que os alunos ficam muito empolgados com o passeio. Ela reitera que a maioria deles querem ir até os CTGs para participarem das atividades. “Têm alguns que não gostam de ir em outros passeios, mas concordam em ir ao CTG, sem nenhum problema, isso porque eles adoram”, comenta. 
Além das brincadeiras apresentadas para as crianças, um lanchinho, com bolo de chocolate, roda de carreta e sanduíches, foi oferecido aos estudantes. 
A programação de visitação ao CTG Prenda Minha, que iniciou ontem, ao longo de três dias, deverá contar com a participação de 10 escolas municipais. 

Deixe sua opinião