No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Covid-19
Prefeito de Bagé decreta toque de recolher
Publicado em 24/03/2020

Geral

Foto: João A. M. Filho

“Enquanto não chegarmos ao topo no número de infectados e a curva começar a baixar, as medidas (de contenção) não serão reduzidas, mas, sim, ampliadas”. É o que disse o prefeito Divaldo Lara, em entrevista coletiva à imprensa, após anunciar que Bagé passou a ter 42 casos suspeitos de contágio pelo vírus Sars-CoV-2, além de ter sete infecções confirmadas e outros sete casos descartados. Com isso, a prefeitura apertou o cerco à violação do isolamento domiciliar e decretou toque de recolher para todo o município até sexta-feira, além de divulgar novas medidas em relação à pandemia por coronavírus.

 

Restrições

Conforme Divaldo, a medida tem validade até sexta-feira, 27 de março, contudo, poderá ser prorrogada, caso a curva ascendente das infecções por coronavírus se mantenha. A fiscalização será realizada pela Vigilância Sanitária do município.

 

BOX

I) Idosos com mais de 60 anos não podem transitar, salvo em caso de ir à farmácia, hospital, mercado, em posse do RG em mãos – transporte para hemodiálise permanece normal, sedo realizado pela própria prefeitura até o HU;

II) Recolhimento noturno obrigatório, das 22h às 6h, com exceção a trabalhadores, pena de multa;

III) Determinar a frigoríficos a vacinação de funcionários e redução de jornada, sob pena de multa;

IV) Empresas de ônibus encerram a circulação até as 21h;

V) Suspensão imediata das atividades das empresas da construção civil, sob pena de multa, ou cassação de alvará e interdição de obra.

 

Doações urgentes à Defesa Civil

O chefe do Executivo pediu que sejam encaminhadas doações urgentes à Defesa Civil, pois muitas famílias bageenses estão em situação de grave situação de vulnerabilidade social. “Talvez seja a ação social mais imediata que todos nós devemos nos solidarizar”, frisou. As contas foram abertas hoje (ontem) e as pessoas podem doar através do aplicativo do banco no celular, de suas casas. “Faltam centenas de famílias a serem alcançadas. Pedi que escolas recolhessem cestas básicas para os alunos mais pobres”, disse. As doações podem ser feitas nos supermercados Peruzzo, Nicolini e Nacional.

BOX

Banrisul – Agência 0120, conta 04.221.974.0-0

Caixa Federal – Agência 2820, conta 304-5, operação 006

Banco do Brasil, agência 0034-5, conta 88.585-1

 

Alternativas

Uma das situações mais delicadas apontadas pelo prefeito é que, até ontem, Bagé contava com somente 10 respiradores artificiais para tratamento a vitimas do covid-19. “Nossa meta é chegar a 20 ou 23 destes aparelhos”, explicou.

Com relação à necessidade de ampliação de leitos, Divaldo disse que em caso de necessidade, pretende atuar junto ao Exército, para que os casos mais graves sejam atendidos na Santa Casa e as situações que não têm necessidade de respiradores artificiais possam ser alocados num hospital de campo. O mandatário não descartou a utilização do Residencial Ebenézer para isolamento de famílias pobres com casos confirmados de infecção, porém, frisou que a medida só será tomada em último caso.

Vacinação

Bagé vai receber 15 mil novas doses para vacinação da população idosa (de aproximadamente 20 mil), que vai ser estendida aos trabalhadores dos frigoríficos. Além disso, Divaldo informou que a prefeitura comprou novas doses da vacina contra a pneumonia, como prevenção ao inverno.

Desinfecção

Perguntado pela imprensa, Divaldo ressaltou que pretende dar início à desinfecção de locais públicos, com a contratação emergencial de caminhões para atuar nos locais de circulação – paradas de ônibus, praças e outros.

Sétimo caso

Enquanto o Estado chegou ao seu 96º diagnóstico confirmado de infecção, ontem, Bagé teve a confirmação do sétimo cidadão a sofrer contágio. É um médico, com idade inferior a 60 anos. Além dele, também constam o provedor da Santa Casa de Caridade de Bagé, Jorge Moussa, médico, 59 anos; o administrador da Santa Casa, Raul Vallandro, 53; uma mulher de 46 anos, secretária; um médico de 37 anos; uma estilista, de 31; e uma vendedora de joias, com 51 anos. “São duas linhas de infecção – um do paciente zero, mas a boa notícia é que conseguimos melhorar a situação sanitária da Santa Casa com equipamentos de segurança”, relatou.

O único caso em internação é o de Moussa, que foi removido para Porto Alegre; o restante está em isolamento domiciliar. Em Bagé,  até o fechamento desta edição, não foram registrados óbitos relacionados à pandemia por Covid-19.

No Brasil, são 1 891 confirmações de contágio por Sars-CoV-2 e 34 mortes foram associadas à pandemia.

Deixe sua opinião