Prefeito atualiza situação da pandemia e critica mobilizações contra a quarentena em Bagé
Publicado em 28/03/2020

Geral

Foto: Cristiano Lameira

Ações motivadas por empresários foram agendadas para o fim de tarde de ontem e hoje

Em entrevista coletiva no fim da tarde de ontem, o prefeito Divaldo Lara ressaltou que vai manter a restrição a atividades e criticou a mobilização iniciada nas redes sociais, que pretende protestar contra as medidas de contenção ao Covid-19, além de exortar a retomada das atividades em ritmo normal.

Ontem, a estatística da pandemia em Bagé apresentou números estáveis com aumento no número de testes negativos, com 75 casos suspeitos, nove confirmações, 22 negativos, oito descartados e um inconclusivo. O único paciente hospitalizado por contrair o vírus Sars-CoV-2 está em estado grave e respira com ajuda de aparelhos.

Em relação à mobilização de carreatas contra as medidas de isolamento social, fechamento de locais públicos e restrição a atividades comerciais e religiosas, Divaldo foi contundente na defesa das medidas indicadas pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, governo do Estado e prefeitura. “A situação de Bagé é única no Estado. Não sei se existe outra cidade do mesmo porte de Bagé com a quantidade de casos positivos que temos. É a segunda no Rio Grande do Sul em número de contaminações. É um movimento que vai fazer com que a grande maioria da sociedade compreenda a necessidade do que está acontecendo na cidade, no país, no mundo. Acho que esses empresários vão ter problemas justamente com essa maioria”, declarou.

Deixe sua opinião