No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Coleta automatizada de lixo
Prefeito anuncia ampliação no número de contêineres em Bagé
Publicado em 14/08/2019

Geral

Foto: Mariana Muza

Locais que receberão novas estruturas serão divulgados

Foi divulgada ontem, pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Bagé, a ampliação da coleta de lixo automatizada no município. A ampliação já tinha sido tratada pelo chefe do Executivo, Divaldo Lara, e o secretário de Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa, Nael Abd Ali, na segunda-feira. Conforme a prefeitura, o serviço que, atualmente, compreende 300 pontos de coleta na cidade ganhará mais 550 novos locais, com a instalação de novos contêineres, somando, assim, um total de 850 novos recipientes para armazenar o lixo que é coletado.

Percentual de 70% de coleta automatizada

Com a afirmação de que a ação tem como objetivo modernizar e oferecer um serviço com maior qualidade à população bageense, Divaldo observa a iniciativa como mais um marco no que se refere à gestão ambiental em Bagé.
“Com a chegada de 550 novos equipamentos, alcançamos 70% da coleta de resíduos de forma automatizada no município. Um número expressivo, quando comparado a evolução que conquistamos com os diversos serviços ligados ao meio ambiente na Rainha da Fronteira”, ressalta.

Economia

Divaldo Lara frisa que em 2016 o valor pago pelo município para a locação de cada contêiner era de R$ 520,16, sendo fornecido o serviço de coleta com 280 equipamentos. Por sua vez, o chefe do Executivo aponta que com o atual processo de licitação, que deve vigorar na próxima semana, o valor pago por contêiner passa a ser de R$336,76. “Sendo economizado, proporcionalmente aos 280, mensalmente R$ 51,3 mil, praticamente triplicando a cobertura em relação ao serviço prestado pela gestão anterior”, enfatiza.

 

Prazos
Segundo o titular da pasta, Nael Abd Ali, o serviço atenderá vários pontos críticos da cidade. “Conseguiremos cobrir uma grande área da cidade e, nos próximos dias, definiremos os locais onde serão disponibilizados os contêineres”, comenta. Nael explica também que a empresa tem 90 dias para realizar o transporte, instalação e adequação nos pontos. O secretário afirma, ainda, que os serviços não serão interrompidos e, tampouco, prejudicados neste período.

 

Deixe sua opinião