População pede abrigo de ônibus
Publicado em 01/05/2013

Geral

Foto: -

Moradora afirma que em dias de chuva gera transtorno

Moradores dos arredores da rua Líbio Vinhas e Melanie Granier pedem que um abrigo de ônibus seja instalado. Os usuários do transporte coletivo utilizavam a aba de um antigo armazém, que foi demolido para dar lugar a um posto de gasolina.
Segundo Marta Helena Souza Lima, moradora há 19 anos daquela área, em dias de chuva os passageiros acabam se molhando. “Nunca teve um abrigo. Antes a gente usava a aba da mercearia, agora não tem mais o comércio, não tem mais onde se abrigar”, revela.
Outra moradora da região, que não quis se identificar, fala que o problema de falta de abrigos não é apenas naquela localidade. “Eu ando muito de ônibus, e não é só aqui que temos esse problema. Não existe uma aba para se abrigar da chuva”, enfatiza.
De acordo com o secretário de Transporte e Circulação, Antônio Silva, o pedido de compra de novos abrigos já foi feito. “Estamos esperando a liberação da compra para colocar em diversos pontos da cidade mais 50 abrigos”, conta. Ele relata que para sanar o problema em todo o município seriam necessários entre 400 e 500 abrigos.

Deixe sua opinião