População apóia mobilização para retomada do asfalto entre Bagé e Lavras do Sul
Publicado em 11/03/2013

Editorial

Com base na entrevista ao jornal FOLHA do SUL, do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Pedro Westphallen, em que ele afirmou não acreditar mais na conclusão das obras da tão aguardada estrada Bagé/Lavras, perguntamos o que você acha que é preciso para garantir o serviço?
A alternativa “Aumentar a mobilização popular com a previsão de manifestações públicas pela estrada, porque o Estado é mais reativo do que proativo” contabilizou 87,5% dos votos dos internautas.
Já a opção “Acreditar que o governo, mesmo sem pressão, vai terminar o trabalho só porque a obra consta do Plano de Obras Viárias 2012/2014”, obteve apenas 12,5%.

Enquete da semana
Na semana passada, a Prefeitura de Bagé rescindiu o contrato com a empresa responsável pela fiscalização das obras na Barragem da Arvorezinha. A justificativa foi que a Engeplus Engenharia e Consultoria Ltda. tinha ligação com executora da obra, a Marco Projetos e Construções. Agora, o vereador Antenor Teixeira (PP) disse que vai protocolar a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os trabalhos. Você concorda com a medida?
1 – SIM. A investigação dos serviços junto à barragem, considerada a obra mais importante dos últimos anos para Bagé, exige transparência máxima. A CPI garante idoneidade aos trabalhos.
2 – NÃO. O início de um processo investigatório pode, em certo momento, trazer a paralisação momentânea dos serviços. Isto fará com que o atraso se prolongue.

Deixe sua opinião