No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Período é de matrículas nas escolas particulares
Publicado em 08/11/2019

Geral

Foto: Arquivo/FS

Há poucas vagas no Espírito Santo

Assim como as instituições públicas de ensino, as escolas particulares divulgaram os períodos de matrículas. O Colégio Auxiliadora, por exemplo, começou a matricular novos alunos para o ano letivo de 2020 em agosto. O prazo se estende até o último dia útil do ano, 30 de dezembro. 
A diretora do colégio, Rosemarie Quintana Doglia, comentou que, atualmente, são 700 estudantes, mas não soube precisar quantas vagas estão disponíveis para o ano que vem, ao mencionar que apenas para o segundo ano do Ensino Médio já não há mais vagas. 
Sobre se haverá reajuste no preço das mensalidades, a diretora comentou que o percentual ainda não está definido, uma vez que está sendo aguardada uma orientação do Sinepe (Sindicato das Escolas Particulares), uma base para que o montante seja divulgado. No último ano, o percentual, elucidou, não ultrapassou os 5% em nenhuma etapa. 
E ela mencionou que a tendência é que não seja um valor que inviabilize o pagamento. Segundo ela, há o entendimento de que, no período que se vive atualmente, o reajuste não pode comprometer os orçamentos das famílias.
Na escola Vasco da Gama, as matrículas também estão abertas, conforme a vice-diretora Patrícia Nora. Ela mencionou que o período de matrículas se estende enquanto houver vagas disponíveis. Na escola, que tem turmas do Pré I ao 9º ano do Ensino Médio, estão sendo disponibilizadas 51 vagas para 2020. Sobre o reajuste, apontou o percentual de 10%, praticado anualmente.
No Colégio Franciscano Espírito Santo, as matrículas podem ser efetuadas a partir do dia 9 de dezembro, como informou a diretora Maria Ana Klein. A primeira etapa se estende até o dia 13; a segunda será de 20 a 23 de dezembro. Após essas datas, apenas serão preenchidas vagas remanescentes. Por isso, a orientação é de que os interessados procurem  a instituição no período oficial.
O reajuste nas mensalidades será de 8% no colégio. Sobre o número de vagas, apontou que são poucas, uma vez que o colégio é muito requisitado. As vagas que abrem são aquelas decorrentes da formatura dos estudantes. Neste ano, há 75 formandos. 
A reportagem do jornal Folha do Sul também contatou a escola São Benedito, mas, até o fechamento da edição, não obteve as informações sobre as datas oficiais de matrículas.

Deixe sua opinião