Perfil do mais novo secretário de Dudu
Publicado em 10/01/2013

Política

Foto: Glauber Pereira

Jean de Oliveira é integrante do PT Amplo e Democrático

Uma das surpresas no anúncio do primeiro escalão de Dudu Colombo para o novo mandato é o retorno da Secretaria Municipal de Turismo. Desde o começo da primeira gestão de Dudu a área estava agregada ao Desenvolvimento Econômico. Por muito tempo o Turismo teve uma secretaria própria, ligada ao esporte - nas décadas de 80 e 90 havia a Setur. E o posto retorna com status próprio ao primeiro escalão, tendo um rosto novo no secretariado municipal, será Jean Carlos Vieira de Oliveira. Ele é o mais novo secretário de Dudu, seja pela nova pasta ou pela idade - tem 25 anos e irá completar 26 no dia 17 deste mês.
Indicado pela tendência PT Amplo e Democrático, o empresário de 26 anos, natural de Santa Maria, vai assumir a pasta. Oliveira está há três anos em Bagé - veio para o município devido ao fato da esposa ser funcionária pública. Ganhou força dentro do PT Amplo pelo trabalho realizado com a juventude. O novo secretário foi coordenador de campanha do vereador Ivan Lima, uma das lideranças da corrente. Conforme o secretário, uma de suas prioridades é proporcionar a capacitação para a melhoria na qualidade de atendimento ao turista. Entre as ampliações necessárias, Oliveira considera a rede hoteleira e a divulgação de pontos turísticos como essenciais. "Também precisamos aproveitar para divulgar a cidade na realização de eventos, divulgando os já existentes e atraindo novos, apresentando para o Brasil e para o mundo a nossa potencialidade", pondera o secretário.
Uma das ideias de Oliveira é explorar os períodos de frio na Rainha da Fronteira, aproveitando a qualidade da rede gastronômica regional. "O que falta para nós é uma grife, como Gramado já tem", argumenta. O secretário destaca a necessidade de o município preparar-se para aproveitar as brechas turísticas durante a Copa do Mundo de 2014, que terá em Porto Alegre uma das sedes. "Podemos atrair turistas em cima da culinária, como são os casos do churrasco e do carreteiro. Para isso vamos conversar com os segmentos envolvidos no processo turístico, agregando suas experiências e trabalhando muito", ressalta Oliveira. 

Deixe sua opinião