No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Paralelo MP - 24 de janeiro de 2020 - oficial
Publicado em 24/01/2020

Social

Foto: Divulgação/FS

Presidente Farsul, Gedeão Silveira Pereira; ministra da Agricultura, Teresa Cristina Dias; ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na comitiva presidencial

“Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo.”

Oscar Wilde

 

Comunicar é preciso

Com satisfação, Paralelo MP ganha força como produtor de conteúdo digital. De maneira natural, sem burlar o sistema comprando seguidores de empresas que usam bots (robôs) automáticos para criar contas e simular interações, a credibilidade toma corpo dia a dia. Trata-se de trabalho elaborado com imenso prazer, para o qual dirijo esforços respeitando a verdade das marcas e produtos evidenciados. Porém, importante lembrar: na linha de frente das mídias paralelas está a coluna, veículo/raiz de onde ramifica-se todo o resto. Jornalista, colunista, influenciador digital, radialista, não importa: o importante é comunicar e engajar!

Boda de Pescaria  

Batendo a marca dos 25 anos, a Pescaria dos Primos Zuliani tem início nesta sexta-feira, 24, com os gringos reunidos no local que lhes é berço: à beira da barragem. Como cenário, os belíssimos campos da região do Espantoso (leia-se Aceguá), local onde Hélio Benjamim Moro Zuliani construiu seu legado a partir de uma pá de corte ao lado da esposa, Zeli Rezende Zuliani. Trata-se de época especial para os descendentes dos nonos Ângelo e Mercedes Zuliani. Pescando, trovando – comendo e bebendo, lógico – todos relembram infâncias analógicas com carinho que, muitas vezes, leva às lágrimas. Nesse contexto, a segunda geração observa o quão importante é, pelo exemplo de amor em plenitude de união, a manutenção dos valores familiares. À frente da organização, ele, gringo conciliador, reconhecido pelo carisma e força de trabalho, Ricardo Rezende Zuliani.

 

Agronegócio: locomotiva econômica

A primeira missão comercial/internacional do governo brasileiro em 2020 aterrissou na Índia, focando, entre outras pautas, no agronegócio. Na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina Dias, e o presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), bageense Gedeão Silveira Pereira. O país de dimensões continentais e população acima da casa do bilhão, alinha-se como parceiro ideal para o Brasil que, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), verá seu PIB crescer graças à performance do PIB do agronegócio. Todos os percentuais estão acima do esperado para o conjunto da economia. Segundo o Ipea, em 2019, o PIB nacional teve alta de 1%. Em 2020, o crescimento deve ficar em 2,3%. “Historicamente, o agronegócio é responsável por elevar em um quinto o PIB nacional”, destaca o presidente do Ipea, Carlos von Doellinger.

 

Índia sagrada

Após cumprir agenda de cinco dias junto à comitiva presidencial em Nova Délhi, o presidente da Farsul, Gedeão Pereira, parte, ao lado de Panta, em viagem pela Índia. “Vamos percorrer o país em busca do sagrado. Estamos dispostos a conhecer, pausadamente, cada peculiaridade para transmitir, em cultura e conhecimento, o vivido aos nossos netos”, disse Panta à coluna, direto da terra de Mahatma Gandhi.

 

Finde Barô

Fartas e elaboradas com iguarias de prima, as tábuas do Barô são sucesso no bar mais querido da cidade. A dica é harmonizá-las com cervejinha no ponto ou mesmo com os drinks preparados pelo mixologista Cássio Cunha. Hoje, na tradicional sexta de samba e pagode, quem manda ver são os guris do #Resenha + Grupo Sambarô & Amigos: Marcelinho Bianchetti, Kadu Ribeiro, Mulato, Medina e Lucas Barres – juntos pela primeira vez no palco. No sabadão, a família Pizarro recebe no primeiro “Grito de Carnaval Barô” (Sim! O Barô chega na Cassineira com bloco próprio!) comandado pela galera do Som da Cor. Também por lá, Toni Konrath & Banda. #Sucesso!

Deixe sua opinião