Novos rumos para o Grêmio Esportivo Bagé
Publicado em 02/11/2019

Esportes

Foto: Luisy Ferraz/ Especial FS

Trindade ressaltou novas contratações para Divisão de Acesso

Na noite de ontem, o estádio Pedra Moura se calou, pois mesmo com vontade de jogo e campanha impecável na Copa Seu Verardi (Copinha), o sonho do Grêmio Esportivo Bagé de estar em uma Copa do Brasil ou uma série D do Brasileirão morreu no Internacional Sub-23. Entretanto, agora, é bola para frente porque ano que vem começa a Divisão de Acesso para o time Jalde-negro, o que pode levar à primeira divisão do Campeonato Gaúcho. Em uma entrevista à reportagem do jornal Folha do Sul, o diretor executivo do abelhão, Rodrigo Trindade afirma que agora é reformular a equipe. Ele enfatiza que a direção do Bagé está tratando da renovação dos principais jogadores do semestre. Questionado sobre quais são, ele diz que ainda não pode falar, mas acredita que a torcida ficará feliz. Além disso, ele já está observando os reforços para o ano que vem. “Vamos fazer a renovação, um por um; vamos escolher as pessoas que querem ficar e têm outros que vão para outros lugares”, comenta. Contudo, há dois atletas do Bagé que vão ingressar em times da primeira divisão.

Arbitragem

Em relação ao jogo de quinta-feira contra o Internacional, após muitos lances polêmicos por parte da arbitragem, Trindade ressalta que acha que o arbitro não errou. “A nossa bola não entrou; é muito fácil ficar culpando, tanto que houve um lance que eu acho que foi pênalti para o Bagé, mas em outro acredito que foi para Inter também, então não culpo a arbitragem”, destaca.

Análise de radialistas

Segundo a radialista e colunista do jornal Folha do Sul, Thaís Nunes, durante a temporada, a campanha do Bagé foi boa. Ela acredita que alguns jogadores do Jalde-negro devem ser mantidos, por exemplo, o zagueiro Emílio. “Tentar usar essa Copinha como uma base do time para o ano que vem”, sugere.

Nardo Porcellis, da rádio Hulha Negra, enfatiza que o abelhão passou por duas fases diferentes. Para ele, no primeiro semestre, um Bagé, com diversas dificuldades, incertezas e um pouco de desunião; no segundo, um time unido, ainda com dificuldades, porém mais forte.

O comentarista da rádio Cultura, Telmo Carvalho, acrescenta a qualidade técnica do time Jalde-negro, como, por exemplo, a do preparador de goleiros Sandro Islabão. “Com ele, senti a diferença do preparo dos goleiros”, afirma. Além disso, ele parabeniza a equipe pelo desempenho durante o campeonato. Ele diz que seria importante manter atletas como Emílio, David, o goleiro Vandré e o centroavante Léo Bahia, que é a espinha dorsal do time.    

O comentarista da radioweb Visão Geral, Abílio dos Reis Chaves, denominou a campanha do Bagé como espetacular. Isso porque perdeu somente um jogo. “Ano que vem vai ser maravilhoso para nós radialistas, pois terá Ba-Gua”, salienta.

Resumo do Bagé na Copinha

Fase classificatória

1ª rodada - Bagé 0 x 0 Cruzeiro – Pedra Moura

3ª  Bagé 0 x 0 Pelotas – Boca do Lobo

4ª  Bagé 6 x 0 União Harmonia – Cristo Rei

5 ª Bagé 1 x 0 12 Horas – Pedra Moura

6ª Bagé 2 x 1 Cruzeiro – Arena Cruzeiro

8ª Bagé 2 x 0 Pelotas – Pedra Moura

9ª Bagé 2 x 0 União Harmonia – Pedra Moura

10ª Bagé 2 x 0 12 Horas – Cristo Rei

Oitavas de final

1º jogo – Bagé 1 x 1 Lajeadense

2 º Bagé 1 x 1 Lajeadense – pênaltis 5 x 4 Jalde-negro

Quartas de final

1º jogo Bagé 1 x 2 Internacional

2º Bagé 1 x 2 Internacional – placar agregado 4 x 2 Colorado

Jogos da semifinal Copinha

Pelotas x Caxias do Sul – primeiro jogo - domingo- 15h – Centenário

São José x Internacional  –  primeiro jogo - segunda-feira – 15h – Morada dos Quero-Queros.

Deixe sua opinião