No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Novas perspectivas para o Brasil
Publicado em 01/08/2019

Opinião

Foto: Édi Pereira/especial FS

Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA

Firmado recentemente, o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia é uma das maiores oportunidades para o Brasil em nossa história. Sem exageros: o tratado nos tira do isolamento e coloca o país em um novo patamar. Temos adiante um imenso potencial de crescimento – não só nas relações com o Velho Continente, mas com todo o mundo.

 Com o Brasil avançando para uma pauta cada vez mais voltada ao comércio exterior, muitas oportunidades surgem no mercado internacional. Para o setor da proteína animal, especialmente, isso é ainda mais verdadeiro. A Europa é um dos principais destinos da carne de frango brasileira, com 263 mil toneladas exportadas em 2018. Com o acordo, o Mercosul terá um acréscimo de 180 mil toneladas. Da mesma forma, conseguiremos maior abertura para carne suína e ovos, que estarão em condições de igualdade com 28 países de primeira linha daquele continente.

Embora ainda necessite passar pela aprovação dos parlamentos de cada nação, os efeitos são imediatos. Há um diálogo melhor e mais rápido entre indústrias e produtores, que reconhecem a relevância desse processo. O clima se torna mais favorável à concretização e à ampliação de novos negócios, podendo levar ao incremento das exportações no curto prazo.

E mais: o tratado agrega um expressivo valor aos nossos produtos. A União Europeia é uma grife, conhecida por sua exigência e refinamento. O reconhecimento de um bloco tão importante abre muitas portas ao redor do globo. A China, por exemplo, passou a consumir nossa carne porque já estávamos habilitados a vender para a Europa. É uma chancela incontestável.

 Já estamos vivendo um momento singular para a proteína animal, com a ampliação das vendas à Ásia e a conquista de novos mercados. O acordo Mercosul-UE se traduzirá em crescimento das exportações, mais investimentos no setor e, por consequência, geração de muitos empregos – especialmente no Rio Grande do Sul, um dos principais players do setor. E a porta está aberta para novos pactos comerciais para o país.

É momento de celebrar. O Brasil se reencontra com o mundo, iniciando um novo capítulo em sua história. Um tempo de mais crescimento para diversos setores produtivos, o que trará mais desenvolvimento econômico e social para o país. E este pode ser apenas o começo. O futuro está, enfim, ao nosso alcance.

 

Deixe sua opinião