No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Novas contratações do Bagé podem ser decididas terça-feira
Publicado em 22/11/2019

Esportes

Foto: Luisy Ferraz/ Especial FS

Vitor Oliveira

O Grêmio Esportivo Bagé começou cedo a organização do elenco para a Divisão de Acesso. Logo após as quartas de final da Copa Seu Verardi (Copinha), a direção anunciou a primeira renovação, no início do mês de novembro, para as disputas do próximo ano. Ao longo destes 22 dias, ao total, 17 jogadores foram confirmados. São eles: os volante, Moisés Baiano, Edson Magal, Mateus Damasceno; os atacantes, Wallan Luan, Welder (após o Gauchão), Vinícius Souza e Dionas Bruno; meia, Cris Magno; centroavantes, Philipe Fidélis e Hyantony; goleiro, Vandré; zagueiros, Wendell, Silvio Carrasco, Junior Sergipano e André (após o Gauchão).  As últimas renovações anunciadas foram a do lateral-esquerdo Vitor Oliveira, de 21 anos, e do volante David Cunha, de 24 anos, ambos jogaram pelo Bagé na Copinha.

De acordo com o presidente Jalde-negro, Rafael Alcalde, a proposta para 2020 é de contratar de 20 a 21 atletas com condições de titularidade. Então, tecnicamente, ainda faltam em torno de cinco atletas para fechar o elenco. Em uma entrevista à reportagem do jornal Folha do Sul, o treinador do Bagé, Badico, que também teve o contrato renovado, frisou que a qualidade, o conhecimento da competição e a experiência foram os pontos principais para a escolha do elenco. Segundo Badico, todas as contratações passaram por ele. “São jogadores que eu conheço”, enfatizou. Além de Badico, a comissão técnica terá Rafael Fernandes, preparador físico, Silvio Rogério, auxiliar técnico e Sandro Islabão, preparador de goleiros. 
Conforme a assessoria de comunicação do Bagé, na terça-feira, acontecerá uma reunião para acertar as novas renovações e contratações. 
Existem alguns jogadores que foram importantes durante a trajetória do Bagé na Copinha e que ainda não foram renovados, como, por exemplo, o centroavante Leo Bahia, artilheiro da Copinha na primeira fase da competição; o zagueiro Emílio, peça que se destacou na parte defensiva Jalde-negra; o goleiro Medina, que estava substituindo o titular Vandré, após uma lesão ainda na fase classificatória e que foi o autor das defesas que levou o Bagé para as quartas de final da Copinha; além do meia Fernandinho, que já está há uma década no clube. Agora, só resta saber se farão parte do elenco ou não, porém, isso será anunciado após a reunião de terça-feira.

 

Deixe sua opinião