Noble reassume presidência do Caixeiral
Publicado em 30/04/2013

Geral

Foto: -

Paulo Noble

por Niela Bittencourt

Após eleição, no último final de semana, Paulo Noble foi reeleito para a presidência do Clube Caixeiral. Isso para o biênio 2013-2015. Apenas 53 votaram e a chapa de Noble era a única inscrita. Entre os desafios, segundo apontou, está, por exemplo, o pagamento de uma dívida trabalhista no valor de R$ 40 mil e, por conseguinte, o cancelamento do leilão da sede campestre, prevista para hoje. Antes disso, porém, é preciso fechar um negócio de venda de uma chácara localizada ao lado das piscinas.
Também estão entre os planos do presidente, e de sua diretoria, continuar com a sensibilização dos sócios para pagarem suas pendências e, a outros, a adiantarem suas mensalidades. Outra campanha é para a captação de sócios contribuintes, uma vez que o quadro conta, hoje, com 300 associados em dia. Há dois mil remidos, que são aqueles que pelo tempo já estão isentos. “Por isso estamos pedindo a ajuda dos sócios: isso não é novo”, falou, em relação à situação financeira do clube.
O compromisso é fazer o que for possível para recompor o clube e não perder patrimônio. Contudo, ele lembra que sem a participação do associado isso se torna inviável. “É um desafio, mas é grande clube, com um grande patrimônio, temos que lutar para que não se perca”, ponderou. “Peço a colaboração: o sócio tem que se preocupar com o clube. É um privilégio termos isso e é nosso, é do associado”, acrescentou.
Noble está na presidência há três anos, já que assumiu por um ano como interino, para após se candidatar e se tornar presidente. Ele não apontou o valor total das dívidas do clube, mas disse que são montantes consideráveis. Quanto à ação trabalhista que culmina no leilão de hoje da sede campestre, diz que se o valor não foi pago foi por falta de condições. “Temos que pagar a reclamatória trabalhista: é de direito”, disse. Também lembrou da dívida com o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, que fará a sede social ir a leilão, ainda neste mês. 

Deixe sua opinião