Motorista embriagado vai pagar multa dobrada
Publicado em 22/12/2012

Segurança

Após passar por um processo de “reformulação”, já está em vigor a nova Lei Seca que torna mais rígida tanto a fiscalização quanto as punições aos motoristas que estiverem embriagados. A medida foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, logo depois de ter sido sancionada pela Presidente Dilma Rousseff.
O novo texto garante que sejam utilizadas provas clínicas, testemunhais e até mesmo vídeos para comprovar se um motorista envolvido em acidente estava sob influência de álcool ou outra substância psicoativa. Com isso, os policiais terão mais ferramentas para comprovar que o condutor realmente está embriagado.
Além disso, de acordo com a redação atual, as autoridades podem apreender a documentação do carro e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O valor da multa foi alterado, sendo que de agora em diante os infratores vão pagar R$ 1.915,38 em vez de R$ 957,65, o dobro do preço. Caso o motorista seja flagrado novamente em 12 meses, o valor será dobrado e ele perderá a CNH por um ano.

Deixe sua opinião