Polícia trabalha com hipótese de acidente
Motociclista morre na Santa Tecla
Publicado em 18/10/2012

Segurança

Foto: -

Édson não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital

Passava do meio-dia de ontem, hora em que o tráfego era intenso na avenida Santa Tecla. Muita gente saia do trabalho ou estava a caminho do almoço. E era exatamente isso que estava fazendo Édson da Silva Cougo, só que infelizmente ele não chegou a completar o trajeto. No momento em que passava pelo número 568 da via, ele teria perdido o controle da motocicleta e caiu no meio-fio. Com o impacto, ele se chocou contra um poste.
A Brigada Militar chegou ao local e encontrou o condutor no chão. Este apresentava muito sangramento. Logo depois, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou ao local, prestou os primeiros socorros e levou a vítima para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS). Édson não resistiu aos ferimentos e morreu durante a tarde.
O jovem de 19 anos era o mais velho de três irmãos. “Ele era um filho tranquilo, nunca me causou problemas”, relata Cláudia Luciane Alves da Silva, mãe da vítima. Édson era militar e trabalhava no 25º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC). A moto em que ele se acidentou havia sido comprada há pouco mais de um mês. Apesar de não possuir habilitação, a mãe confirma que ele tinha experiência em pilotar moto. “Ele sabia dirigir, ia tirar carteira no mês que vem”, disse ela emocionada. O enterro está marcado para às 9h de hoje.
A delegada responsável pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), Juliana Garrastazu, afirma que vai ser feito um levantamento sobre o caso. “Vamos trabalhar com a hipótese de acidente, mas o caso vai ser investigado”, finaliza.

Deixe sua opinião