Moradores do Castro Alves alertam para perigo na "pinguela"
Publicado em 03/05/2013

Geral

Foto: -

Flores diz que fica preocupado com as crianças

Localizada atrás do Cemitério da Santa Casa, a "pinguela", como é popularmente conhecida, tem indignado os moradores. Com as guardas da ponte soltas, o tablado gasto e com movimento de crianças, os moradores pedem que providências sejam tomadas.
Segundo o vigilante Jesus Renato dos Santos Flores, o último reparo foi feito no ano passado. “Isso aqui está um perigo. Esses arames da lateral estão soltos, as soldas das barras se soltaram. Muita criança passa por aqui para ir ao colégio e nesse vão uma criança pode cair”, complementa.
Rodrigo Abero, morador há quatro anos da localidade, afirma que este é um problema antigo da comunidade. “Além da pinguela estar perigosa, ainda tem falta de iluminação e um matagal, o que torna o espaço mais perigoso”, aponta.
Flores diz que já prometeram até ponte de concreto para a passagem. “É uma falta de respeito. A gente paga os impostos e não tem nem iluminação pública. O projeto da ponte nunca mais ninguém falou nada”, enfatiza.
O secretário de Atividades Urbanas, Eduardo Mendes, garante que a área já está mapeada no cronograma de reparos. “No momento, estamos sem funcionários para fazer os reparos, pois eles estão paralisados. A área já está em nosso cronograma e assim que possível mandaremos uma equipe para arrumar e limpar lá”, afirma.

Deixe sua opinião