Médico do Brasil-Pel está com Covid-19 e caso está relacionado a Bagé
Publicado em 30/03/2020

Esportes

Foto: Jonathan Silva / GEB

Médico teve contato com outro profissional infectado no dia 8 de março

Por meio das rede sociais, o Brasil-Pel informou que um dos seus profissionais do departamento médico foi diagnosticado com coronavírus. De acordo com a nota emitida pelo clube, no sábado, o médico José Raymundo está internado no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE-UFPel) "de maneira preventiva para melhorar o quadro respiratório". Ainda segundo o texto, o quadro dele é estável.
Em entrevista concedida ao portal Treze Horas, no último dia 21, o médico disse que esteve em Bagé no dia 8 de março, para operar dois pacientes. Durante a vinda, ele encontrou com um dos médicos que posteriormente teve o teste positivo para Covid-19. "Diante disso, mesmo sem qualquer sintoma, e por precaução, pois estive em contato com um infectado, decidi fazer os exames necessários para saber de uma eventual contaminação", afirmou em depoimento ao portal. Contudo, na data da entrevista, o médico ainda não tinha a confirmação do resultado do exame.
Ao jornal Diário Popular, o responsável pelo departamento médico do Brasil-Pel, Gustavo Lahm, afirmou que Raymundo está internado para minimizar os riscos de complicações. "Foi com preocupação que recebemos na noite de ontem (27), a notícia de que haveria a necessidade de internação do dr. José Raymundo. Ele já tem 70 anos, portanto faz parte de um grupo que apresenta maior risco de complicações. Desde que recebeu a notícia que o colega de Bagé que esteve com ele há 15 dias e havia confirmado a contaminação com o Covid-19, ele estava isolado e aguardando o resultado do Lacen-RS. Infelizmente, o resultado veio positivo. Mesmo assim, Raymundo estava confiante, tranquilo e cumprindo todas as determinações dos órgãos de vigilância sanitária. A internação se deu para minimizar os riscos de complicações", relatou Lahm.
José Raymundo é médico ortopedista e traumatologista, além de ser professor universitário. Com um vasto currículo na área, frequentemente o profissional é requisitado em diversos locais do país para a realização de cirurgias. Até o fechamento desta edição, a cidade de Pelotas tinha dois casos confirmados de coronavírus. Os nomes dos pacientes não costumam ser divulgados, mas, nesse caso, o próprio Brasil-Pel veio a público confirmar o diagnóstico do seu colaborador para conscientizar a população sobre a doença.

Deixe sua opinião