Armas, munições e um preso em Bagé
Marias: operação nacional visa combater violência doméstica e familiar
Publicado em 06/03/2020

Segurança

Foto: Divulgação/FS

Mandados foram cumpridos no Centro, Morgado Rosa e Camilo Gomes

Na manhã de ontem, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Bagé (Deam), com apoio da 1ª Delegacia de Polícia de Bagé, participou da Operação Nacional alusiva ao mês da mulher, denominada “Marias”. A ação visa o combate e o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher. A operação Marias teve participação das polícias civis de todos os estados-membros e do Distrito Federal, onde foram desencadeadas ações preventivas e repressivas de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, alusivas ao mês de março, no qual se celebra o Dia Internacional da Mulher.
Durante a operação, foram cumpridas ordens judiciais de prisão e de busca e apreensão, principalmente pelos crimes de descumprimento de medidas protetivas de urgência e feminicídios, bem como foi realizada a fiscalização de medidas protetivas de urgência e verificação de denúncias.
No Estado, a Operação Marias envolveu todas as delegacias de Polícia, inclusive, nos municípios em que não há delegacia especializada. A ação iniciou às 6h e se estendeu até o fim da tarde.
Em Bagé, conforme a delegada responsável pela Deam, Daniela Barbosa de Borba, foram cumpridos três mandados de busca, nos bairro Centro, Camilo Gomes e Morgado Rosa, resultando na apreensão de quatro armas de fogo e inúmeras munições de diversos calibres (permitidos e restritos); além da prisão em flagrante de um homem de 19 anos, por desacato e resistência, no bairro Camilo Gomes.

No centro da cidade, foram apreendidos um revólver calibre .38 municiado, três espingardas (calibres diversos, sendo duas municiadas), um carregador e 1 027 munições de calibres diversos (permitidos e restritos). 
O responsável pelas armas e munições, que não se encontrava na residência, responde inquérito policial por violência doméstica contra a ex-companheira. A operação contou com 11 policiais civis (Deam e 1ª DP) e quatro viaturas.

Deixe sua opinião