Mancha Crioula terá julgamento de exemplares por criador bageense
Publicado em 30/01/2020

Rural

Foto: Everton Souza Marita / Divulgação

Mário Móglia Suñe será auxiliado pelo filho na avaliação

O Mancha Crioula 2020, que chega a sua 17ª edição, realizado pela Trajano Silva Remates, ocorre de 13 a 15 de fevereiro. Além da Exposição, a programação contará com leilão e outras atividades como palestras relacionadas ao bem-estar animal voltado para os equinos.
A organização espera a presença de mais de 100 exemplares da raça Crioula na exposição, que a cada ano que passa vem ganhando corpo e adeptos em todo o país. Conforme o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Gonçalo Silva, há uma participação crescente de criadores de diversos estados brasileiros.
O julgamento ficará a cargo de Mário Móglia Suñe, que será secretariado pelo do filho, Mário dos Santos Suñe. No dia 14 de fevereiro, às 16h, ocorrerá a admissão dos exemplares para a exposição, realizada pelo técnico da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Felipe Maciel. Já no dia 15 de fevereiro, às 8h, acontecerá a concentração de machos e às 10h, o início do julgamento da exposição, onde serão definidos os campeões do ano.

Deixe sua opinião