Mais um para a conta
Publicado em 16/01/2014

Editorial

Foto: Mozart Trindade/Especial FS

Felipe Valduga
felipelvalduga@gmail.com

A situação na RSC-473, a Bagé-Lavras, parece ser cada vez mais catastrófica. Não menos que isso. O adjetivo é forte, mas corresponde à realidade. Na terça-feira, o excesso de chuvas produziu lama o suficiente para fazer com que dois ônibus da empresa São João, que atua no transporte intermunicipal, ficassem atolados. Em função disso, a linha teve, inclusive, que ser alterada – passou a funcionar por meio da BR-153.
Pois ontem, ao ser retomada a linha pela estrada, exatamente às 17h, mais uma vez os passageiros que iam de Bagé até Lavras do Sul tiveram que conviver com uma situação incômoda. Uma carreta, que trafegava pelo trecho, acabou atolando – mesmo com o sol predominando durante quase todo o dia. O resultado: engarrafamento. Não apenas do ônibus, mas também dos demais veículos que passavam pelo local.
É urgente a necessidade de uma solução. Os empecilhos da morosidade estão afetando muito mais que o aceitável.

Deixe sua opinião