Famurs exige repasse de recursos federais para municípios atingidos por estiagem
Publicado em 23/05/2020

Rural

A diretoria da Famurs divulgou nota na quinta-feira, em que exige celeridade para o repasse de recursos da União aos municípios gaúchos atingidos pela estiagem. Recentemente, a bancada gaúcha na Câmara Federal destinou R$ 29 milhões em emendas impositivas para mitigar os efeitos da seca. Porém, a forma de repasse, via Funasa, impede que os recursos cheguem logo aos municípios. Conforme a federação, de cada 10 cidades gaúchas, no mínimo, sete estão sofrendo com os efeitos da estiagem. São 400 municípios com situação de emergência decretada por conta da severa seca que assola o Rio Grande do Sul. A Famurs informa que trabalha no sentido de enfrentamento dessa crise, atuando em parceria com representantes de municípios e outras entidades vinculadas ao setor produtivo para que ocorra o encaminhamento desses recursos para os municípios. “A Famurs entende que o repasse dos recursos deva ser feito por meio das secretarias estaduais de Obras e Habitação ou Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, ou diretamente da União para os municípios, garantindo celeridade e resolutividade, na medida em que as necessidades de cada município são diferentes para combater o desabastecimento. Infelizmente, a Funasa não dispõe de estrutura e corpo técnico suficiente para mapear com urgência as especificidades de cada um dos municípios atingidos. Confiamos que a necessidade imediata de socorro sensibilize a União a alterar a forma de repasse destes recursos, garantindo que cheguem o quanto antes para quem mais precisa”, destacou a entidade em nota.

Previsão do tempo para próximos dias

Os prejuízos causados pela estiagem no Rio Grande do Sul deverão ser um pouco amenizados nos próximos dias pela ocorrência de pancadas de chuva em todo o Estado. Na segunda (25) e terça-feira (26), ainda ocorrerão pancadas de chuva na Metade Leste, com tempo firme e temperaturas amenas no restante do Estado. Na quarta-feira (27), o ingresso de uma massa de ar seco e frio afastará a nebulosidade e provocará o declínio das temperaturas.

Deixe sua opinião