Executivo anuncia reforço de 31 agentes da Força Nacional para Bagé
Publicado em 01/04/2020

Segurança

O efetivo do Presídio Regional de Bagé, um dos municípios mais atingidos pelo surto de coronavírus no Estado, será reforçado com a chegada de 31 agentes penitenciários federais, a partir de amanhã, para manter a segurança da população carcerária e da comunidade bageense. A equipe é formada por profissionais da Força de Cooperação do Ministério da Justiça, coordenada pelo Departamento Penitenciário Nacional, administrada pelo diretor-geral, Fabiano Bordignon. A ação foi requisitada por iniciativa da Secretaria da Administração Penitenciária, por meio de solicitação do prefeito Divaldo Lara.

Devido à pandemia que afeta o mundo inteiro, os agentes atuarão em missão no Estado, por meio de um programa iniciado para isso. Os servidores vêm do contingente operacional de diversos estados. A previsão é que a equipe chegasse em Bagé entre ontem e hoje.

Divaldo comentou que os profissionais da Força Nacional, oriunda do Ministério da Justiça, coordenado por Sérgio Moro,  irão potencializar o trabalho já feito na cidade. “Este efetivo vai manter a ordem, a estabilidade e a segurança da população. Quero agradecer ao governador Eduardo Leite, que entendeu o momento difícil que vivemos. Também não posso deixar de ressaltar a sensibilidade do secretário da Administração Penitenciária Estadual (Seapen), César Luís de Araújo Faccioli, que intermediou junto ao ministro Sérgio Moro; ao Fabiano Bordignon, que concedeu os servidores possibilitando sua atuação em Bagé, e ao superintendente dos Serviços Penitenciários do Estado, César Augusto Ouriques da Veiga. Só tenho a agradecer ao empenho de todos, pois esta equipe de trabalhadores operacionais estava no Estado para uma missão específica e foi concedida por intermédio do secretário, que sensibilizou o Departamento Penitenciário Nacional para que atuassem primeiramente em nossa cidade”, disse o chefe do Executivo.

Deixe sua opinião