Empreendedor é destaque em livro de uma das maiores seguradoras do país
Publicado em 28/12/2019

Vitrine Empresarial

Foto: Juliane Rosso / Especial FS

Reconhecimento de Alves é resultado da dedicação

Responsável pela assistência técnica residencial da Porto Seguro e Itaú Seguros na Campanha Gaúcha, o paulista Fabiano Alves, recebeu reconhecimento em âmbito nacional, em função da busca pelo melhor atendimento ao cliente. O empreendedor escolheu a Rainha da Fronteira para estabelecer a franquia de manutenção, com atuação em toda região há dois anos e dois meses.

A Porto Seguro, assim como a Itaú Seguros, é uma das maiores seguradoras do Brasil. Todo ano, a empresa costuma lançar um livro com histórias de atendimentos dos prestadores de serviços autorizados. Chamado “Histórias marcantes Momentos memoráveis”, o objetivo é compartilhar experiências e reforçar que o cuidado faz parte da essência da Porto Seguro e está presente em todas as interações.

A produção do material é realizada através de inscrições dos corretores e prestadores de serviços. Em 2019, Fabiano Alves teve sua história selecionada para compor a sexta edição da obra. Chamado “Uma missão quase impossível”, o atendimento do colaborador está registrado na memória da empresa.

Segundo Alves, um atendimento ao cliente que, era para ser corriqueiro, se transformou numa história inusitada - em que passou por um grande sufoco. O resultado foi o salvamento de uma vida, que deu a ele o título de herói.

O lançamento do livro aconteceu na cidade de São Paulo, no teatro da Porto Seguro, em agosto.

Abaixo, o Vitrine Empresarial reproduz na integra o texto de autoria de Fabiano Alves, que foi publicado na revista de circulação nacional.

A história

“Meu atendimento inesquecível ocorreu na cidade de Santos, no litoral paulista. Eu ainda trabalhava na minha antiga base, localizada no Guarujá, tenho muito orgulho de fazer parte. Lembro como se fosse hoje, que era aproximadamente 15h e eu estava parado na ponta da praia, aguardando um novo acionamento. Foi quando meu GPS tocou e recebi um atendimento de hidráulica.

Eu estava há uma quadra do local. Por isso, não demorei mais de cinco minutos para chegar. O porteiro do condomínio parecia apavorado e me pediu para correr no apartamento, porque os moradores estavam desesperados.

Naquele momento, fiquei meio tenso, pois percebi que tinha algo além de um cano furado. Deparei-me com uma senhora aparentemente muito preocupada e logo entendi o motivo. Não se tratava de um cano furado, mas do cilindro de oxigênio do seu marido.

A mangueira havia estourado e ela e a enfermeira não conseguiam conter o vazamento. Então, por confiar na Porto Seguro, resolveram abrir um chamado.

Imagine a responsabilidade! O homem dependia do equipamento para respirar e eu precisava fazer algo. Naquele momento, mergulhei de corpo e alma no atendimento para tentar resolver o problema. Confesso que fiquei muito tenso, pois nunca tinha mexido com aquelas conexões. A solução foi recorrer à internet para encontrar uma solução.

Notei uma referência na peça que estava vazando e, a partir dela, fiz uma busca. Consegui resolver o problema com precisão. Depois, aguardei no apartamento, por cerca de 40 minutos, para me certificar de que estava tudo resolvido. Esse atendimento foi tenso, mas, no final, fiquei muito feliz em ajudar aquele senhor.

Quando a pessoa ama o que faz, a profissão se torna mais gratificante. Eu adoro a manutenção e adoro os desafios de trabalhar com o público”.

Deixe sua opinião