Emater divulga atual estágio das culturas de soja e de arroz no Estado
Publicado em 25/01/2020

Rural

A Emater/RS-Ascar divulgou em seu Informativo Conjuntural o atual estágio das safras de soja e arroz no estado. No caso do cultivo da soja, a oleaginosa alcançou a totalidade da área prevista para a safra de mais de 5,9 milhões de hectares no Rio Grande do Sul. Conforme a instituição de extensão e assistência rural, das lavouras implantadas, 48% se encontram na fase de desenvolvimento vegetativo, 39% em floração e 13% na fase de enchimento de grãos. Em especial, na regional de Bagé da Emater, o município de Dom Pedrito teve um plantio de soja alternado entre o excesso e a falta de umidade no solo. Na capital da paz, os produtores conseguiram plantar 120 mil hectares. A partir de 10 de janeiro, as precipitações abrangentes e com volumes significativos beneficiaram as lavouras, principalmente as que se encontram na fase de florescimento (20%). O estado fitossanitário é bom. Segundo a Emater, os produtores realizam tratos culturais de controle de invasoras nas lavouras mais novas e controle de pragas. Na região de Bagé, a cotação da saca de 60 quilos oscilou entre R$ 71 e R$ 80.

No arroz, as fases da cultura são as seguintes: 62% das lavouras em fase de germinação/desenvolvimento vegetativo; 26% em floração; 11% em enchimento de grãos e 1% em maturação. Em geral, a lavoura mantém bom desenvolvimento. Na regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, as lavouras encontram-se nas fases de germinação/desenvolvimento vegetativo, floração e em enchimento de grãos, mantendo adequado estado de desenvolvimento. Na regional de Bagé, o preço tem variado entre R$ 44 e R$ 49.

Deixe sua opinião