No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Dom Gílio recebe homenagem por combate ao racismo
Publicado em 21/11/2019

Geral

Foto: Celso Bender/Especial FS

Sessão solene marcou a passagem do Dia da Consciência Negra, na Assembleia Legislativa, ontem. Cinco personalidades, que se destacaram na promoção da igualdade e no combate ao racismo, receberam o troféu Deputado Carlos Santos 2019. O bispo emérito de Bagé dom Gílio Felício foi um dos agraciados. Fundador do Movimento dos Agentes de Pastoral Negros da Igreja Católica, o sacerdote foi o primeiro negro a chegar ao episcopado em Salvador, onde criou a Pastoral Afro. Em 2003, foi designado para atuar no Rio Grande do Sul, Estado onde nasceu em 1949. Em 2007, passou a coordenar a Pastoral Afro-Brasileira, da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Atualmente, é presidente da Pastoral Afro-brasileira e caribenha.

Deixe sua opinião