Na próxima semana
Diferente de outras regiões, Bagé permanecerá com tempo seco
Publicado em 01/02/2020

Rural

Foto: Fernando Dias/EspecialFS

Necessidade de bom regime hídrico para culturas como a da soja

A próxima semana permanecerá com calor e chuvas de verão no Rio Grande do Sul, informa o Relatório Oficial nº 3, elaborado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, a Emater-RS e o Irga. Segundo o documento, neste sábado, o tempo permanecerá seco e quente em praticamente todo Estado, e apenas entre a Serra de Nordeste e o Litoral Norte o ingresso de umidade do mar manterá a condição de chuva fraca e isolada. No domingo, a presença do ar quente e úmido manterá o forte calor em todo o Estado, com temperaturas superiores a 35°C em diversas localidades.

Na segunda (3) e terça-feira (4), o calor seguirá predominando, com temperaturas entre 35°C e 38°C no interior gaúcho e possibilidade de pancadas de chuva, típicas de verão, em áreas isoladas. Na quarta-feira (5), o deslocamento de uma frente fria provocará chuva em todas as regiões, com possibilidade de temporais isolados.

A previsão indica que os valores acumulados deverão oscilar entre 20 e 35 milímetros na maior parte das áreas, podendo superar os 45 milímetros em algumas localidades do Alto Vale do Uruguai. Na Zona Sul, Região Central e no Planalto, os volumes previstos devem ser inferiores a 20 milímetros.

Campanha

Diferente do que poderá acontecer nas outras regiões, a Campanha, em especial a região de Bagé, terá um final de semana sem chuvas. O Irga, a partir do prognóstico climático da Somar Meteorologia, informa que tanto o sábado quanto o domingo não registrarão pancadas de chuva. A Rainha da Fronteira terá os dois dias com poucas nuvens e calor chegando aos 32 graus. Esse panorama deverá se manter até quinta-feira, com possibilidade de uma pequena precipitação de seis graus. A partir desse dia, segundo o boletim de ontem à tarde, as precipitações devem ser mais seguidas, porém com volumes diários que não devem passar os 10 milímetros. Dados divulgados pelo Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) informam que até o dia 30 de janeiro, o principal reservatório do município, a Sanga Rasa, estava com 2,5 metros abaixo do volume normal, chegando a 75% da capacidade. Já a barragem do Piraí está com -1,50 metros abaixo do normal (85%).

Deixe sua opinião