Companhia adquire equipamentos e terá seleção para contratar 83 profissionais
CRM anuncia novidades visando rumos do carvão
Publicado em 29/04/2013

Geral

Foto: -

Ações devem implementar atuação na mina de Candiota

A Companhia Riograndense de Mineração (CRM) anunciou, na semana passada, duas novidades que refletem a tendência de novos investimentos na geração de energia elétrica com base no carvão mineral. Na quinta-feira, a empresa confirmou a aquisição de novos equipamentos para as operações na mina de Candiota.
Entre as aquisições estão sete caminhões Perlini (com capacidade de transporte de 65 toneladas), cinco caminhões rodoviários, um trator esteira, uma escavadeira hidráulica, uma retroescavadeira com rompedor hidráulico e uma empilhadeira. 
A entrega oficial, contudo, acontece no dia 2 de maio, em solenidade que deve contar com a presença do governador em exercício, Beto Grill, do secretário de Infraestrutura e Logística, Caleb de Oliveira, além da diretoria e dos conselheiros da Companhia e de autoridades locais.

Concurso
Outra novidade ocorreu no início da semana. A CRM e a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) oficializaram a assinatura de contrato para realização de concurso público. Segundo as primeiras informações, 83 vagas devem ser disponibilizadas para cargos em todos os níveis de escolaridade.
Conforme o presidente da CRM, Elifas Simas, a medida atende à necessidade de readequação da empresa. Por sua vez, o diretor presidente da FDRH, Jorge Branco, frisou que o concurso está sendo tratado como prioridade pela Fundação. A previsão é que as provas sejam realizadas no mês de agosto.
O período para inscrições, bem como obtenção de informações mais detalhadas, aguarda a publicação do edital do processo seletivo.

Reflexo
Um dos principais motivos pelo aperfeiçoamento estrutural também é resultado da possível construção de uma nova usina termelétrica em Candiota. A unidade da empresa no município recebeu, na quinta-feira, a visita de técnicos da empresa Tractebel - que conta com projeto para um empreendimento, a UTE Pampa.  
As potencialidades, características e reservas disponíveis, bem como logística e transporte do mineral foram apresentados pela CRM, visando o abastecimento de uma nova usina a ser construída.
A troca de informações deve auxiliar no aprimoramento dos planos de construção da termelétrica em um local acessível, com condições favoráveis de mineração, transporte e estocagem. 

Deixe sua opinião