Efeitos da estiagem
Consultoria aponta queda em produtividade na soja gaúcha
Publicado em 18/02/2020

Rural

Foto: Arquivo/FS

Diferente da safra anterior, RS terá menor produção por hectare

A consultoria AgRural, em reportagem publicada pela agência Reuters, destaca que a produção brasileira de soja na safra 2019/20 deverá atingir um recorde de 125,6 milhões de toneladas, com ótimas perspectivas na maior parte do país.

Conforme a divulgação publicada, ontem, até o mês de janeiro, a consultoria projetava uma produção de 123,9 milhões de toneladas, mas os números foram revisados para cima diante de boas expectativas para a maior parte das principais regiões produtoras, com exceção do Rio Grande do Sul, onde o tempo mais seco mantém as atenções do setor.

Se a atual projeção for mantida quando a colheita estiver finalizada, o Brasil — tradicionalmente o maior exportador global e também o maior produtor em 2019/20 — vai aumentar a produção da oleaginosa em mais de 10 milhões de toneladas, na comparação com os números oficiais de 2018/19. Conforme a consultoria a produtividade estimada para a soja gaúcha é, atualmente, de 51 sacas por hectare, antes era 55,4 sacas.

A produtividade estimada para soja gaúcha da AgRural é agora de 51 sacas por hectare, versus 55,4 sacas do número oficial da temporada anterior. Esse cenário se dá pela primeira quinzena de fevereiro ter sido muito seca no Estado. A consultoria não descarta um próximo ajuste negativo nesse número para a próxima estimativa.

No Rio Grande do Sul, “a primeira quinzena de fevereiro foi muito seca”, com muitas plantações em período de enchimento de grãos. Dessa forma, pode ser que a projeção para o Estado tenha algum ajuste negativo na próxima estimativa, revelou Gomes.

Deixe sua opinião