No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Comércio em foco 84891
Publicado em 28/06/2019

Vitrine Empresarial

Estado possui mais de 80 mil pequenos negócios no setor de alimentos e bebidas

Uma das cadeias produtivas mais representativas na economia brasileira, o segmento de alimentos e bebidas possui mais de 80 mil micro e pequenas empresas no Rio Grande do Sul. Conforme informações do Sebrae RS, o número coloca o Estado entre as regiões com maior densidade de empresas com atividades na cadeia de alimentos no Brasil.
A organização afirma, ainda, que um dos elos com a maior quantidade de empresas é o de serviços de alimentação e fabricação de produtos de panificação, confeitaria e chocolates. Mas o segmento de fabricação de bebidas também chama atenção pelos elevados índices de crescimento. Destaque para o vinho, a cerveja e as bebidas não alcoólicas, que apresentam boas oportunidades de crescimento para atuação de micro e pequenas empresas com produtos de alto valor agregado.
Com o objetivo de transformar o Rio Grande do Sul em Estado referência em alimentos e bebidas de alto valor agregado, ampliando negócios para as empresas da cadeia produtiva, o Sebrae RS elaborou iniciativas prioritárias. Em nível empresarial, no elo de serviços e varejo, o foco está na adequação do modelo de negócios, prospecção de clientes, gestão de pessoas e melhoria de processos. As iniciativas voltadas para as pequenas indústrias de alimentos e bebidas trabalham com foco em prospecção de mercado, pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e na profissionalização da gestão.
Com o olhar voltado para o desenvolvimento estrutural da cadeia produtiva, as iniciativas são voltadas para a ampliação de mercado, em cooperação comercial e expansão, com olhar estadual. Aqui, estão incluídas análise de filiais, franquias, presença digital, e-commerce, pesquisa e prospecção de mercado, encadeamento produtivo, preparação para internacionalização, entre outras necessidades mercadológicas. Para o desenvolvimento no nível sistêmico, o olhar é amplo e contempla a cadeia toda e trabalha pela melhoria de legislação, regulamentação e tributação para produção e venda, promove um fórum de conexão do poder público e entidades representativas, entre outras ações.

Deixe sua opinião