Comentando - 29 de fevereiro de 2020
Publicado em 29/02/2020

Esportes

A MORTE, AOS 80 ANOS, do jalde-negro Edgar Conceição causou profundo pesar na comunidade. Muito conhecido  e estimado,  vestia orgulhosamente, no cotidiano, a camisa do GE Bagé.

A DUPLA BA-GUA não estava junto na Divisão de Acesso desde a temporada de 2011, quando, aliás, ambos foram rebaixados.

GUARANY, contra seu homônimo de Venâncio Aires, neste domingo, às 16h, no estádio Antônio Magalhães Rossell, defende invencibilidade de um ano e meio em jogos oficiais. Última derrota foi por 1x0 para o Real de Canoas, em 2018.

TORCIDA Índio Guerreiro a mil nos preparativos para acompanhar o Guarany no confronto deste fim de semana.

ARILSON COSTA e Rodrigo Bandeira, os treinadores da dupla, conhecem perfeitamente a realidade do futebol interiorano e trazem sua experiência a jalde-negros e alvirrubros. Isto é importante quando se sabe que ambos tiveram pouquíssimo tempo para a preparação dos times para a difícil Divisão de Acesso.

CASAL ADRIANE Simões Pires - Eduardo Silva Mendes, ele presidente do Conselho Deliberativo do Bagé, acompanhando de perto os passos do filho Arthur. O garoto faz parte da categoria sub-13 do Abelhão, sob o comando do ex-lateral Paulino Ximendes.

FÚRIA JALDE-NEGRA vai acompanhar de perto o Bagé tanto em casa como em jogos fora da cidade.

REGULAMENTO do Acesso permite ampla liberdade à Federação para o remanejamento de datas do Acesso, a fim de permitir o televisionamento dos jogos.

FALTA EXATAMENTE um mês para o primeiro Ba-Gua do ano, que será realizado no Pedra Moura. Uma semana depois, em se tratando de tabela-espelho, o clássico será no estádio Antônio Magalhães Rossell, já pelo returno da primeira fase.

COM BREVE PASSAGEM pelo Bagé há pouco tempo, Luiz Bertran, o Chicão, é o treinador do Guarani de Venâncio Aires.  Já o Lajeadense é treinado por Serginho Almeida.

LEMBRADO por ter sido um exímio cobrador de pênaltis pelo AA Gente Bem, Dominguinhos Xavier aposta todas as fichas no neto Jerônimo, de 15 anos. “Espero que ele siga os passos do avô”, diz o antigo craque.

EXPERIÊNCIA do novo time do Bagé é vista como trunfo para a estreia fora de casa, neste domingo, contra o Lajeadense.

Deixe sua opinião