Coluna Social
Coluna Social 29.04.20
Publicado em 29/04/2020

Social

Foto: -

A bela Andréa Nagelstein, mentora de importantes projetos sociais na capital dos gaúchos

“Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção”.

Antoine de Saint-Exupéry

O que houve contigo, felicidade?

          Essa foi a pergunta que me fiz, segunda-feira, desacreditando que me questionava aquilo. Geralmente, acordo faceirito pelo fato de reconhecer, em cada despertar, oportunidade para viver novas emoções e descobertas. Bueno. Não rolou. O cara é humano, fazer o que? Até o cachorro, reparem, me olhou com cara do tipo: “Bah, hoje ele não tá legal”. Mas vai te deitar cusco! Vida que segue. Ao levantar a persiana, dei uma bela respirada olhando em direção às coxilhas do Forte de Santa Tecla. Passe de mágica. Inspiração. Se as estações se repetem em ciclos renovando a vida constantemente, quem sou eu para não surfar a mesma onda como um grão de areia integrante do todo que sou? Boa sacada. A primavera é a estação da semeadura; o verão, da germinação; o outono, da colheita. Nos últimos dias, estava vivendo o inverno da alma. Ou seja, retemperando as forças à espera de um novo ciclo que virá – porque, acreditem, ele virá. Quando o outono chega com seu brilho dourado nostálgico, o homem volta o olhar para dentro de si, como que a buscar semeaduras de outros tempos: antigos amores, alegrias derretidas, momentos inolvidáveis. Ficamos, por assim dizer, saudosos. Mas acorda vivente! A aula de evolução dada pela natureza, todo santo dia, é progressiva, jamais retrógrada. Sai dessa e encara a real. O novo sempre vem. E que não demore, não eh, Elis?! Mas, volto a dizer, somos humanos; demasiado humanos...  Pandemia, falsidade, política em colapso, milhões de desempregados famintos, defeitos à corrigir. Não posso esquecer de contar-lhes o que muito me ajudou para amenizar a piração desse somatório apocalíptico: “limpar a chaminé”. Ao conversar com um bom amigo, desobstruí meu picumã evitando que a fumaça das emoções voltasse ao coração intoxicando a alma. Depois do papo, saiu branquinha como a da Capela Sistina após o Conclave. “Habemus Papam”. Em resumo: com as estações do ano, a natureza mostra ser a vida uma sequência de ciclos que vão dos mais exuberantes aos mais sombrios. Logo, a frase clichê “aceita que dói menos”, adequa-se perfeitamente para finalizar o texto. Ah! O que houve com a felicidade, título do texto? Topei pelo caminho ao encontrar tantos outros que também procuravam por ela.

 

Pele renovada

Doutora Helena Grimaldi a mil em seu consultório na Clinipampa imersa nos cuidados intensivos solicitados pela temporada fria. Entre os procedimentos campeões de audiência está o peeling – técnica de clareamento da pele promotora da renovação celular, perfeita para tirar aquelas manchinhas remanescentes do verão. Outro procedimento estético que faz sucesso é o chamado ultrassom microfocado, desenvolvido com o intuito de proporcionar a melhora da flacidez facial de forma não invasiva. Importante é que Helena tem o cuidado de atender com espaçamento de horários a fim de garantir a devida higienização do consultório entre uma paciente e outra.

 

Seguidoras fiéis

Duas leitoras e seguidoras assíduas das redes sociais @marcospintos que merecem todo o carinho são: Dóris Vaz e Sônia Alcalde. Ambas locomotivas sociais e culturais – sempre engajadas em campanhas do bem e nas efervescências culturais da cidade –, mesmo de longe, acompanham nosso trabalho on-line. Sônia, dos Estados Unidos; a querida Dóris, de Porto Alegre. Merci!

 

Conexão Solidária...

          ... é o nome da campanha empreendia pelo Grupo JW, em parceria com empresas como Coradini Alimentos e Rede Nicolini unidas à Unimed Região da Campanha. A conexão ganhou lançamento domingo, 26, direcionada ao Caminho da Luz (os funcionários não recebem seus salários desde janeiro) e Casa da Menina. As doações podem ser efetivadas pelo site vakinha.com.br (código 960035) ou, ainda, pela central de atendimento na Casa JW (53 3242 1647). O encerramento acontece amanhã, 30, em live comandada pelos guris do Clave, transmitida a partir das 20h, pekas redes sociais da Folha, Minuano, Rádio Pop Rock e Grupo JW. Bora conectar e colaborar!

 

Dinamismo & Medicina  

Presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, diretor científico da Sociedade Interamericana de Endoscopia Digestiva, mestre em Medicina e, não bastasse, provedor em exercício da nossa Santa Casa de Bagé, doutor Carlos Eduardo Oliveira dos Santos é o dinamismo em pessoa. Mesmo respondendo por tantas atribuições, Carlos Eduardo não abre mão de clinicar dando especial atenção a todo e qualquer paciente que vá ao seu consultório na rua Gomes Carneiro, 1343 – nato representante da medicina humanista. A credibilidade de Duda também pode ser observada em seu “dress code”: sempre alinhado, não abre mão do jaleco com camisa e belas gravatas.

 

 

Deixe sua opinião