Paralelo MP
Coluna Social 15.05.20
Publicado em 15/05/2020

Social

Foto: -

Mestres do bem-servir, Clodoaldo Monteiro e Marcelo Corrêa, em breve, estarão de volta...

“A experiência é um troféu composto por todas as armas que nos feriram”.

Marco Aurélio

La puesta de Enjoy?

Nunca achei que o Enjoy (finado Conrad) combinasse com a atmosfera de Punta. De traço arquitetônico duvidoso, o “elefante” emerge em Parada 4 de Playa Mansa destoando de tudo que há no entorno e fora dele – opinião pessoal, ressalto. Daí a desejar o seu fechamento, seria demasiado egoísmo para um apaixonado por Punta que reconhece o poder turístico/financeiro agregador do cassino/hotel. Fechado desde o dia 17 de março, devido à pandemia, o Enjoy atravessa a pior fase financeira de sua história, podendo não ter mais tempo hábil para a reabertura, segundo o jornal El Clarin. Reparem. O grupo chileno Enjoy enviou pedido à Comissão do Mercado Financeiro para iniciar um procedimento de reorganização judicial a fim de reestruturar seus passivos e ativos. Preocupação generalizada em todo o território uruguaio que este seja o fim do empreendimento que levou Lisa Minelli, Charles Aznavour, Roberto Carlos, Paul Anka, Luís Miguel, Olívia Newton John, Rita Lee, The Beach Boys, KC and Sunshine Band, Shakira, entre dezenas de outras estrelas, aos seus palcos em festas icônicas. Há poucos dias, o jornal O Observador publicou que a Baluma – operadora do Enjoy – trabalha com obstinação num plano de reabertura. Por Punta e por tudo que ela representa aos que a amam, ficamos na torcida...

Cipriani & Bellini

Dois para um é a medida de suco de pêssego e espumante, respectivamente, que compõe o coquetel Bellini. Em pesquisa empreendida para desenvolver pauta sobre o ressurgimento do icônico hotel San Rafael (leia-se Punta) a descoberta: que o refrescante drink foi inventado por Giuseppe Cipriani, em 1945, no Harry’s Bar, de Veneza. Costurando os assuntos: Cipriani foi o fundador do grupo italiano responsável por reerguer o San Rafael em Playa Brava.  Giuseppe Cipriani batizaria o Belline apenas em 1948, como homenagem ao pintor veneziano Jacopo Bellini e a seu filho, Giovanni Belline, precursores da Renascença Italiana no século XIV. Madonna mia!

Bela notícia...

          …nos foi divulgada ontem, 14, na Vitrine Empresarial Folha do Sul. Nela, a jornalista Niela Bittencourt repercute os R$25 milhões que serão investidos, pelo Grupo Krolow (leia-se Pelotas), na Rainha da Fronteira. O grupo adquiriu terreno de 35 mil metros quadrados, na avenida Santa Tecla, onde será erguida estrutura que oportunizará 150 empregos diretos aos bageenses. “Bagé possui forte potencial de consumo. Disponibilizaremos cerca de 40 mil itens à cidade com previsão de abertura em outubro deste ano”, disse o proprietário do macroatacado, Jader Krolow, à reportagem. A primeira liberação para o início das obras já foi protocolada na Casa do Empreendedor, sob a tutela da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, capitaneada pelo agilizado Bayard Paschoa Pereira. #Bravo!

Natureza revigorada

Com saudade dos energizantes domínios do Complexo Esportivo Presidente Médici, saí para correr em sua direção. Qual minha surpresa quando, ao aportar, me dar de cara com algo nunca visto. Sem a presença dos frequentadores, devido a decreto municipal, não ter nenhum tipo de sujeira no complexo. Grama roçada, árvores sorrindo, até o arroio respirando sem a ajuda de aparelhos. Nada de latas ou sacolas plásticas. Minha nossa, que alegria! Posso lhes dizer que, ao contemplar o cenário, confirmou-se o que tanto comenta-se na coluna: muitos bageenses ainda engatinham na arte do respeito aos ambientes públicos.

Deixe sua opinião