Paralelo MP
Coluna Social 11.05.20
Publicado em 11/05/2020

Social

Foto: -

Salve simpatia! Marina Salim Pilon e Cláudia Kalil Salim

“Nossa vida é tudo aquilo que nossos pensamentos fizeram dela”.

Marcos Aurélio, o imperador filósofo

Campanha Gaúcha: terroir vitorioso

A terça-feira, 5 de maio, entra para a história vitivinícola como o dia em que o Instituto Nacional da Propriedade Intelectual concedeu a tão batalhada concessão da Indicação Geográfica (IG) "Campanha Gaúcha", na espécie denominação de origem, para vinhos finos brancos, rosados, tintos e espumantes produzidos sob o terroir do Pampa. A partir de agora, todos os produtores de vinhos que estiverem dentro da região demarcada e seguirem as normas contidas no regulamento de uso – denominado Caderno de Especificações Técnicas – poderão utilizar a IG em seus produtos, concedida em nome da Associação dos Produtores de Vinhos Finos da Campanha Gaúcha. A delimitação territorial de 44.365 quilômetros quadrados abrange municípios ou distritos de: Bagé, Aceguá, Barra do Quaraí, Candiota, Hulha Negra, Itaqui, Quaraí, Rosário do Sul, Santana do Livramento, Uruguaiana, Alegrete, Piraí, José Otávio, Dom Pedrito, Ibaré, Maçambará, Bororé, Encruzilhada, Torquato Severo e Joca Tavares. Tim-Tim!

 

Embaixador APAE da boa vontade

De modo geral, chama-se “embaixador” a categoria hierarquicamente mais importante de representação diplomática de um Estado junto a outro. Digo “de modo geral”, porque, instituições benemerentes e ações voluntárias também podem escolher os seus “embaixadores”, concedendo-lhes papel de extrema responsabilidade na preservação da dignidade humana. Aqui, não estamos falando de cargos políticos ou diplomas, mas, sim, de amor e trabalho a uma causa. Pois bem, é com profunda honra que recebo da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, a incumbência de ser seu embaixador da boa vontade na Rainha da Fronteira. O convite me remeteu, sem escalas, a sentimento despertado quando, ainda criança, acompanhava minha mãe ao trabalho que desenvolvia junto a um anjo de nome Nei Paiva, fundador do Caminho da Luz. Quando perto dos especiais, sentia a atmosfera se transformar. Algo maior me ligara àquelas pessoas... Um carinho gratuito; amor profundo, algo, meus amigos, muito difícil de definir em palavras. Estar rodeado desses espíritos guerreiros sempre me trouxe paz. Junto deles, não há julgamentos. Há, sim, pureza e carinho gratuitos. Sinto-me, até mesmo, protegido, quando com meus amigos especiais. Acredito que isso aconteça por acreditar no amparo divino que os cerca. Muito obrigado, família Apae. Prometo honrar com extremo zelo tão virtuosa missão.

  

Seja um APAExonado...

            ...é o nome da campanha que ganha lançamento hoje, em Paralelo MP/Pop Rock. A instituição passa, como todo o país, por dificuldades para cumprir com as obrigações mensais. “Neste momento de crise, rádio Pop Rock e jornal Folha do Sul abraçam a causa dos 450 assistidos ajudando-nos a atingir cerca de 15 empresas que se comprometerão a conseguir 15 colaboradores que doarão R$15 reais mensais ganhando o selo “APAExonada”, explica a integrante da equipe idealizadora, Juliana Gonçalves. Todos os detalhes, às 11h35min, ao vivo pelas ondas da 98.1FM. Até lá!

“Lanchera” fecha as portas

O sábado acordou triste no bairro Bom Fim, em Porto Alegre, com a notícia do fechamento da icônica Lancheria do Parque. Desde março sem funcionar, a “Lanchera” – assim chamada por seus fiéis frequentadores – demitiu todos os funcionários sem previsão de reabrir. O estabelecimento mais democrático da capital gaúcha, localizado em frente ao Parque da Redenção, completou 38 anos no dia do encerramento das atividades. #Lamentável.

Deixe sua opinião