FOLHA do SUL e GBI
Clube do Investidor ultrapassa fronteiras de Bagé
Publicado em 17/04/2013

Vitrine Empresarial

A palestra do sócio-proprietário da GBI Investimentos, o médico Henry Ritta, anunciou a parceria da empresa com a FOLHA do SUL, na manhã de ontem. O encontro começou com a temática motivacional, com a participação da equipe do jornal. O jornalista e colunista Josias Borges explicou como vai funcionar a parceria, que inicia aberta a Bagé e Dom Pedrito, mas poderá incluir interessados de outras regiões brasileiras, via internet.
O Clube do Investidor – que dá nome à coluna de Borges a partir de hoje – prevê benefícios aos futuros investidores até dezembro deste ano. Os inscritos terão direito a uma hora semanal de consultoria presencial ou via Skype; receberão um livro; poderão participar de, pelo menos, um curso por mês e receberão material sobre o mercado financeiro por e-mail. “Com a maturidade da economia, houve crescimento da demanda por educação financeira. O projeto prevê ganho de escala pela internet, tem baixo custo e grande possibilidade de retorno”, avalia Borges. A adesão custa R$ 30 por mês ou R$ 270 a anuidade.  Para se ter uma ideia da vantagem do pacote, Josias Borges explica que somente um curso custa a partir de R$ 70.
Para os bageenses, esta oportunidade vai proporcionar, além do conhecimento das diversas formas de poupar e fazer o dinheiro crescer, um importante contato entre pessoas que têm os mesmos objetivos. Borges vai escrever sobre isso nas edições de segunda, quarta e sexta-feira.

Leis do sucesso
Henry Ritta compartilhou, com os colaboradores do jornal, a mensagem do livro intitulado 25 Leis Bíblicas do Sucesso. A partir da tempestade citada na Bíblia, na qual os discípulos de Jesus tiveram medo que o barco onde estavam afundasse (Marcos 4, 35-57), o palestrante perguntou: como identificar uma tempestade? A linguagem figurada, que se aplica ao cotidiano do trabalho e à vida particular, indica saídas para esse enfrentamento.
A primeira coisa a fazer é controlar o medo e o pavor, depois buscar o equilíbrio, manter a fé e usar a experiência para vencer, sem desanimar e crendo no socorro. “De alguma forma, a solução vem. Muitos problemas se resolvem sozinhos. A questão não é a dificuldade ou a facilidade. A questão é postura. Vencedores têm postura”, resume
As experiências de Ritta, como médico, deram a ele a certeza de que as oportunidades têm ligação com a capacidade de autoconhecimento e da identificação dos amigos verdadeiros. A disciplina e a convicção de propósitos são os passos seguintes. Por fim, “comemore todas as vitórias, compartilhes suas experiências e aprimore sua fé”, conclui.
Ao final do encontro, a equipe FOLHA do SUL assistiu a um audiovisual sobre superação e liderança. 

Informações:
Avenida Tupy Silveira, 1720, 1º andar
Fone: 3242.8201

Deixe sua opinião