Chapeuzinho Vermelho em Santa Thereza
Publicado em 04/05/2013

Geral

Foto: Glauber Pereira

Companhia e Centro Histórico pretendem manter parceria

por Fernanda Mendonça

O teatro do Centro Histórico e Cultural Vila de Santa Thereza apresenta, no domingo, dia 5 de maio, às 16h, a peça “Chapeuzinho Vermelho”. O espetáculo será encenado pela companhia de teatro Parceiros, formada por oito atores. E vai ter duas sessões, cada uma com duração de 40 minutos. Os ingressos custam R$ 5.
A coordenadora do Centro Histórico, Adriana Gonçalves, diz que o apoio à companhia acontece desde o ano passado, quando o local abriu as portas do teatro para o ensaio do grupo. “No século XIX, existia uma companhia de teatro em Santa Thereza. Com o apoio que damos à Parceiros, conseguimos fazer um resgate histórico”, argumenta.
A Parceiros está instalada em Bagé desde 2012, graças à vinda do professor de teatro Denildo Miranda, que veio morar na cidade e trouxe a companhia que ele mantinha, anteriormente, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. A montagem da peça que será apresentada começou em outubro de 2012 e mescla a história da Chapeuzinho Vermelho com questões educativas, como não colocar lixo no chão.  Miranda conta que a expectativa para o espetáculo é grande, pois é a primeira aparição dos atores em público. Ele comenta que o momento é de formação de plateia e que o grupo teatral pretende apresentar uma peça por mês em Santa Thereza.
Além desse espetáculo, os Parceiros também estão com duas peças sendo exibidas no 1º Festival Bageense de Teatro. No sábado, a companhia apresenta “Perdidos” e, no domingo, “Vagueio”.
A companhia ainda está ensaiando uma outra peça, que será uma remontagem de um espetáculo já apresentado pelo grupo em outro período. “O espetáculo está sendo pensado para ser apresentado em palco e na rua”, conta.
A coordenadora convida a todos para visitar o Centro Histórico e apreciar o lugar. “No final de semana, a partir das 15h, temos uma monitora disponível para contar um pouco da história de Santa Thereza”, finaliza.

Deixe sua opinião